TALK: A unção do Espírito Santo

16 Unja também Jeú, filho de Ninsi, como rei de Israel, e unja Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá, para suceder a você como profeta.” (1 Reis 19.16, NVI).

 

Sabemos que na Nova Aliança, todos que tem a fé em Jesus e se arrependem, podem receber do Espírito Santo (Atos 2.17-18). No entanto, mesmo na igreja primitiva, não eram todos que eram cheios do Espírito Santo. Se todos eram cheios do Espírito Santo, porque para escolha de diáconos um pré-requisito era ser cheio do Espírito Santo? (Atos 6.3). Porque haviam pessoas na igreja que não eram cheias do Espírito Santo.

 

No Novo Testamento, a unção do Espírito Santo é descrita principalmente quando a pessoa é “batizada pelo Espírito Santo” ou quando está “cheia do Espírito Santo”. No Antigo Testamento, principalmente, quando a “mão do Senhor” ou “Espírito do Senhor veio sobre”, tal profeta ou rei, principalmente, e muitas das vezes simbolizada pela unção com o óleo.

 

Eliseu foi escolhido por Deus para ser sucessor de Elias (1 Reis 19.16). Isso, porque ele apresentava qualidades em sua vida: trabalho com excelência, valorização do chamado, honrar a família, servir fielmente e querer mais da unção. Da mesma forma, hoje por mais que recebamos da unção pela fé em Jesus, não são todos que tem o mesmo nível de unção.

 

Se perseverarmos nos princípios apresentados por Eliseu, vamos prosseguir a nossa caminhada até que recebamos de toda unção que Deus quer derramar para cumprirmos Sua vontade e manifestarmos Seu Reino em nossa vida.

 

Oração: Pai eu quero mais da Tua unção, e para isso sei que tenho que pagar um preço de abnegação, confiando na fé em Jesus e no arrependimento para poder receber. Em nome de Jesus. Amém.

 

Texto: Thiago Vicente*.

 

*Thiago Vicente (Instagram: @thigvi) é o idealizador e fundador do MENSAGEM DIÁRIA, Pastor, Reverendo, Teólogo, Professor de Educação Física, Personal Trainer, Especialista em Fisiologia do Exercício, Mestre com “aprovação com louvor” na área de Bíblia, Doutorando na mesma área, plantador de igrejas, casado há 12 anos e tem duas filhas.