Quem Você Realmente É?

“Jabez foi o homem mais ilustre e respeitado de toda sua tribo. Sua mãe lhe deu o nome de Iábats, Jabez, significando “em meio de muito sofrimento o dei a luz. É sabido que Jabez rogou ao Deus de Israel: “Que tu me abençoes e aumentes minha propriedade: que tua boa mão proteja e não permita que seja afligido pelo mal” E Deus lhe concedeu o que pediu em oração” (I Crônicas 4.9-10 – KJA*) 

A oração de Jabez é um grande exemplo de como podemos mudar o que somos. Pois muitas pessoas acreditam que sua vida não tem mudança, que a mudança é uma ilusão, que somos determinados: biologicamente, socialmente, culturalmente, e assim a escolha é apenas uma breve ilusão, pois nossas escolhas por estas estruturas já são predeterminadas.

Mesmo sabendo que todos estes elementos fazem parte de nosso ser, o homem é capaz de fazer suas escolhas, como vimos o exemplo de Jabaz, que viveu numa estrutura familiar, onde um dos determinantes sociais, 1ª o seu nome, 2ª sua ordem de nascença, 3ª a posição tribal de sua família.  

Nestes três aspectos Jabez era desfavorecido, nasceu com um nome que significava “aquele que causa dor”. Além de aparentar não ser um dos mais velhos de sua família, pois Esdras (Escritor do livro de Crônicas) ressalta que ele superou seus irmãos, isso aponta que não era primogênito, já se fosse não teria porque destacar a superação de seus irmãos como destaque. Uma vez que os mais novos dificilmente tinham espaço de representação, como o primogênito, e os mais velhos. Nesta mesma linha de raciocínio percebemos, como após Jabez se destacar na família, sua família ganha um espaço de importância e centralidade em sua tribo.

Portanto não importa a realidade que você nasceu, ou como lhe chamam, qual espaço social que você vive, o que você tem enfrentado, tudo isso pode ser modificado com uma simples oração, como a de Jabez. 

Que diz simplesmente:

“Mude o sentido do Meu nome, de Minha realidade, de meu coração, de Minhas forças, para que eu volte a ser útil, para que possa ser livre, para que possa viver inteiramente, por meio de sua benção, assim posso viver longe de todo mal que me espreita, alargar minha vida, segundo o seu propósito” 

Perceba que Jabez não orou por uma benção apenas, por um bem, por uma falsa prosperidade, Jabez orou para que Deus pudesse mudar sua história, para que pudesse reconstruir seu passado marginalizado, para formar um novo futuro, não de bênçãos apenas, mas de uma vida inteira com Deus, sem desprezo e opressão, seguindo agora a realidade de seu propósito.

Pois o que nos refaz é o amor de Deus, a cada instante, não importa quem somos, que lugar social vivemos, que passado contemos, o Senhor incondicionalmente nos ama, sempre está pronto para nos chamar para o renovo, para uma nova vida. Diferente do que é até agora.

Texto: Lucas Vicente

* Tradução:  King James Atualizado