Que Dia Difícil!

“Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal”. (Mateus 6.34, ARA*).

Este não é o meu dia! Acordei com o pé esquerdo! “Segundona” brava! Nem sei como vou fazer hoje! Estou tão cansado!

Você se encontra em algumas destas frases?

Há 2000 anos atrás Jesus Cristo já havia declarado o mal que vem através da ansiedade, e hoje nada mudou as preocupações humanas continuam as mesmas: o comer, vestir-se, o sustento aliado a este mundo de consumo.

Deus ao criar a terra determinou que enquanto durar a terra haverá sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite. Logo se olharmos com as lentes espirituais saberemos que nossa vida é composta de tempos, de estações onde vemos o tempo da semeadura e da colheita, dias cinzentos porém aparecerá o sol.

Deus criou o dia com um propósito, vivermos cada um com a esperança de um novo amanhecer. Também nos orientou que haveriam dias maus porém há um antídoto:

“Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mal e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabalável”. (Efésios 6.13, ARA*).

Jesus lembra: teremos todos os tipos de problemas pois isto é natural ao ser humano porém tudo vai depender do que sair de nossos lábios, não precisamos murmurar e não precisamos reclamar.  Vamos fazer a nossa parte com o maior bom humor possível e imaginável que nos trará bom ânimo e não nos fará desanimar como muitos o fazem.

Qual é a nossa parte?

“Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder”. (Efésios 6.10, ARA*)

Um dia abençoado para você!

*ARA – Almeida Revisa e Atualizada.

Texto: Mônica Vicente.