Por Que Choras?

No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu que a pedra estava revolvida. Então, correu e foi ter com Simão Pedro e com o outro discípulo, a quem Jesus amava, e disse-lhes: Tiraram do sepulcro o Senhor, e não sabemos onde o puseram. Saiu, pois, Pedro e o outro discípulo e foram ao sepulcro. Maria, entretanto, permanecia junto à entrada do túmulo, chorando Enquanto chorava, abaixou-se, e olhou para dentro do túmulo, e viu dois anjos vestidos de branco, sentados onde o corpo de Jesus fora posto, um à cabeceira e outro aos pés. Então, eles lhe perguntaram: Mulher, por que choras? Ela lhes respondeu: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram. Tendo dito isto, voltou-se para trás e viu Jesus em pé, mas não reconheceu que era Jesus. Perguntou-lhe Jesus: Mulher, por que choras? A quem procuras? Ela, supondo ser ele o jardineiro, respondeu: Senhor, se tu o tiraste, dize-me onde o puseste, e eu o levarei. Disse-lhe Jesus: Maria! Ela, voltando-se, lhe disse, em hebraico: Raboni (que quer dizer Mestre)! Recomendou-lhe Jesus: Não me detenhas; porque ainda não subi para meu Pai, mas vai ter com os meus irmãos e dize-lhes: Subo para meu Pai e vosso Pai para meu Deus e vosso Deus. Então, saiu Maria Madalena anunciando aos discípulos Vi o Senhor! E contava que ele lhe dissera estas coisas.” (JOÃO 20.1-3; 11-18).

Por que choras?

Muitas pessoas nos dias de hoje, choram. São pessoas com depressão, síndrome do pânico e stress, doenças psicossomáticas da nossa sociedade pós-moderna. Nosso Brasil vive dias de paz, ausência de guerra como outros países, mas apesar disso, as pessoas não vivem em paz. Violência, furtos, assassinatos, roubos, sequestros, vandalismo e drogas, são males que atualmente não são exclusividade das grandes cidades, mas de todo Brasil.

Então as pessoas choram. Choram talvez desesperadas diante da impotência diante de tanta violência, tanto caos e tanta insegurança. Pessoas morrem baleadas por um celular num dia, carbonizadas vivas por não terem dinheiro na conta do banco, noutro, ou ainda por discutirem enquanto pedem uma pizza, em outro. É a pura realidade desesperadora, que encontramos hoje em nosso país. Talvez este seja o motivo do choro. Outros nem sabem o motivo de tanto chorarem, apenas escorrem lágrimas e não conseguem parar. Mas mesmo assim, ninguém quer viver em meio a prantos.

E  nos deparamos com o texto da Ressurreição do nosso Senhor Jesus Cristo, narrado pelo Evangelho de João. No capítulo 20, dos versículos 1 ao 18, vamos nos centrar é claro na Ressurreição de Jesus, mas envolvida com uma mulher que chorava Maria Madalena, na narrativa da mais alegre história da humanidade, a Ressurreição. Por que choras?

Maria Madalena foi ao sepulcro de Jesus, esperando cumprir os rituais de sepultamento de Jesus. Ela esperava encontrar um Cristo morto, para fazer seus rituais, e quando Jesus não estava como ela esperava ela começa a chorar. Mas preste atenção, Jesus havia ressuscitado, estava melhor, porque estava vivo!  Porém sua religiosidade a cegou, e mesmo ela vendo o túmulo vazio, os anjos aparecerem para ela e dizerem que Jesus havia ressuscitado, e perguntado,  Por que choras? Ela continuava chorando. Então o próprio Jesus aparece, ela não o reconhece, e continua chorando. Jesus pergunta:  Por que choras? 

Jesus fala com ela pessoalmente, pelo nome, do jeito que ela estava acostumada, então ela o reconhece, e para de chorar. Quando abrimos nossos olhos em meio a rituais da religião, Jesus abre os nossos olhos, porque Cristo está vivo!

Oração: “Pai, te agradeço por Jesus ter morrido pelos meus pecados, mas te louvo porque Cristo agora vive, está a Tua destra, intercede por mim e é meu Advogado diante do Senhor. Por isso abra meus olhos, e ouvidos, para que eu pare de chorar e olhe para meu Deus vivo confiando em Ti. Em nome de Jesus. Amém”.

Texto: Thiago Vicente.