O Segundo Homem

Quanto tempo você tem vivido? Talvez 24 anos, 24 céus, 24.000 dias, neste passar intemporal o que tem concluindo?

No que você se transformou? Era o que você gostaria de ser?

Será que temos apenas caminhado e caminhado, sem pensar para onde estamos indo. Será que a vida é apenas caminhar e após alguns céus, nossos passos desparecem sem deixar rastros?

Vivemos apenas por viver, comendo, bebendo e conversando, sem sentido algum?

A palavra (Bíblia) nos ensina para procuramos não viver para o agora, mas para buscarmos a eternidade. Constituída por um segundo homem que não busca incontrolavelmente os desejos da própria alma, mas vive por algo maior, os valores do Reino de Deus, como Paulo ensina na passagem bíblica:

“… pois que já vos despistes do velho homem [primeiro homem] com os seus feitos, E vos vestistes do novo [segundo homem], que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou” (Colossenses 3:9-10).

Devemos a cada dia sentir a morte mais de perto, morte da alma, dos velhos vícios do mundo e do pecado, que voltam em nossa mente, assombrando para o retorno do primeiro homem.

Para que a nossa vida não passe com o tempo, mas continue não só na eternidade, sim em cada parte do tempo, em que a nossa voz  ecoe,  com palavras e feitos de mudança.

Por isso, o que queremos ver em nossa vida?

Eu quero ver milagres, milagres de mudança na minha família, na minha comunidade, na minha cidade, no meu país e nos quatros cantos do dia.

Podemos ser sonhadores?

Sonhadores como Jacó que lutam com o anjo, não apenas para ser chamado de Israel, mas para que cada parte do nosso ser e do nosso meio mude. Para que assim cada parte do meu tempo se ache uma oração, ache pronto a ajudar, ache palavras para motivar, que cada instante dos meus céus possam ser levados para muitos.

Será que esse som pode embalar nossos anos?

Se sua resposta for, SIM, Ore: pela sua família, pela sua comunidade, sua cidade, pelo seu país e para que cada espaço da sua vida seja tocado pelo espirito de Deus, e todas as coisas serão renovadas.

Texto: Lucas Vicente