O Espelho Da Vida

“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!”. (Mateus 6. 21;23)

Jesus nos ensina que se nossos olhos são maus todo nosso corpo estará em trevas. Pois os olhos são a janela da alma, o que capta instantes tece nossa memória, guardando em nosso coração.

 Assim os olhos são maus, pelo reflexo do coração, por isso tudo se torna trevas.

Então pintamos nossos dias da forma como o olhamos e de como se encontra o nosso coração. Pois a realidade transcrita tanto pela perspectiva de nossos olhos, como a visão de mundo que discorre de nosso coração. Assim são uma liga, um circuito, que começa no coração e termina nos olhos, e também começa nos olhos e termina no coração.

Portanto o mundo que concebemos é um reflexo desta ligação descrita por Cristo.

Neste mundo em que vivemos nossa perspectiva e conceito estão muitas vezes ligadas em um modelo individual, critico pessimista e inseguro… Por isso muitas vezes temos o nosso mundo pincelados de cinza e sombras.

Mas Cristo era diferente, pois via esperança aonde havia morte, via liberdade onde só se encontrava prisão, via perdão aonde só poderia ver condenação. Era esta perspectiva do ladrão na Cruz.

Contudo o ladrão encontrou esperança, encontrou liberdade e perdão, pois procurou não na perspectiva e conceito do mundo, e sim na fé, na certeza da palavra. Aquele homem creu naquilo que ouviu ser Cristo, seu rei, único que poderia mudar sua perspectiva e conceito de mundo.

Não se atentando em suas correntes e nem sua cruz e muito menos em sua condenação.

Assim, devemos viver, não segundo a realidade prescrita em nossa alma, nem nos conceitos racionais de nosso coração, mas pela palavra de Deus. Ela tem que ser a perspectiva e conceito norteá nossa vida.

 Ore: “Senhor não quero viver segundo as perspectivas dos meus olhos e muito menos o conceito de meu coração, mas segundo Sua Palavra. Peço em nome de seu Filho amado, Jesus, amém”.

Texto: Lucas Vicente.