O Amor Jamais Acaba

“Tudo sofre tudo crê, tudo espera, tudo suporta … O amor jamais acaba;…”. (1 Coríntios 13.7-8 – RA).

Hoje a sociedade moderna vive exatamente ao contrário quando afirma que o casamento acaba por falta de amor.

O casamento é algo que vai além de um contrato social:

“Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez homem e mulher. Por isso, deixará o homem a seu pai e mãe [e unir-se-á a sua mulher], E, com sua mulher, será os dois uma só carne. De modo que já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não separe o homem”. (Marcos 10. 6-9 – RA).

Unir significa unidade, isto é, não pode ser dividido.

Deus uniu: Este é o princípio espiritual para o casamento. Este é o valor real de um casamento a união abençoada por DEUS. “Não são dois, mas sim uma só carne”.

“Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras, não rebenta com facilidade”. (Eclesiastes 4.12 – RA).

Este vídeo conta os 75 anos de um casamento com vida, alegria e amor. Até quando a morte o separa da sua amada.  O amor exala na vida deste homem, já idoso em sua aparência, mas no coração mantém a chama acesa ardendo do amor que jamais acaba.

“Seja bendito o teu manancial e alegra-te com a mulher da tua mocidade”. (Provérbios 5.18 – RA).

“Nenhuma quantidade de água pode apagar o amor, e nenhum rio pode afogá-lo. Se alguém quisesse comprar o amor e por ele oferecesse as suas riquezas, receberia somente o desprezo”. (Cânticos 8.7 – NHTL).

“Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado”. (Romanos 5.5 – RA).

O amor jamais acaba!

Texto: Mônica Vicente.

*RA – Almeida Revista e Atualizada.

*NHTL – Linguagem De Hoje.