Não Temerei

“O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias”. (Salmos 23.1-6)

Existem momentos em nossa vida que enfrentamos dificuldades, tribulações e angustias, e muitas vezes fraquejamos e até pensamos em desistir de lutar, e então começamos a culpar a Deus pelo que estamos passando e dizemos:

– Senhor, mas por quê?

Não devemos questionar duvidando do Senhor, pois os planos Dele são muito mais altos do que os nossos. Mas devemos sim, fazer outro questionamento ao Senhor:

-Deus, o que o Senhor está querendo me ensinar com esta situação?

Nós temos a escolha de nos afundarmos na tribulação, murmuramos e nos entregarmos a ela, ou então podemos nos levantar e lutar. Não será fácil, mas o Senhor dos exércitos estará do nosso lado, nos sustentando e dizendo:

“Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão”. (Isaías 40. 10 e 11)

E no final da tribulação Deus sempre terá nos ensinado algo muito valioso, por isso escolha LUTAR e o Senhor estará ao seu lado sempre.

Ore: “Querido Deus, perdão se por algum momento Te questionei de maneira errada. Hoje me levanto para lutar e enfrentar essa tribulação, pois sei que o Senhor me sustenta, confio em Teu amor Senhor, oro em nome de Jesus”.

Texto: Ana Flávia Thomazinho.