Não se rotule! | MULHERES NO ALTAR

Lucas 13.11-13 (ARA): “E veio ali uma mulher possessa de um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; andava ela encurvada, sem de modo algum poder endireitar-se. Vendo-a Jesus, chamou-a e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade; e, impondo-lhe as mãos, ela imediatamente se endireitou e dava glória a Deus.”

 

Você se sente julgada, acusada, marcada? Encurvada por tantos rótulos?

 

É para você que eu quero falar: Você não é o que as pessoas dizem!

 

Não se rotule!

 

O que é um rótulo? Podemos dizer que é uma etiqueta que se coloca em algum produto com o propósito de identificá-lo. Quando se rotula uma pessoa, estamos falando das características ou estilo de vida dela, mesmo que não a pertença.

 

Há 18 anos aquela mulher só conseguia andar olhando para seus pés, encurvada sofrendo com a dor moral, emocional, física e espiritual. Era possessa de um espírito de enfermidade, possessão é domínio, era dominada e cativa de satanás. O texto ainda diz de modo algum podia endireitar-se.

 

Mas ela teve uma atitude de intrepidez de ir a sinagoga para ouvir a Palavra de Deus, mesmo correndo o risco de ser repudiada, provavelmente ela ouviu falar de Jesus, o filho de Deus que cura e perdoa.

 

A sociedade judaica a condenava como impura e pecadora. Penso quantos que já a rotulavam ao entrar como desmerecedora da graça de Deus.

 

O texto continua: Vendo-a Jesus… Ela foi vista por Jesus ao adentrar, pois os fariseus e mestres da lei podiam impedi-la já que era impura e pecadora.

 

Mas os olhos do Senhor estão em todo lugar, vigiando os maus e bons. Jesus vendo-a, logo a chamou impedindo a reação dos fariseus e disse: “Mulher estás livre de tua enfermidade”.

 

Não há barreiras criadas pelo homem que o amor de Deus não esteja disposto a derrubar. Jesus veio para buscar e salvar o perdido. Muitos hoje também não querem ser conhecidos por rótulos: pecadora, viciado, prostituta, medroso, incrédulo, seja qual for.

 

Jesus impondo-lhe as mãos. O toque de Jesus! A mulher recebeu um toque cheio da graça, cheio da unção de compaixão e misericórdia. Jesus a tocou como a muito tempo ela não era tocada. O toque físico curo-a da enfermidade. O da alma curou-a da rejeição sofrida há tantos anos e o do espírito fez dela uma nova mulher de coração limpo.

 

Quando Jesus toca O MILAGRE ACONTECE!  – “imediatamente ela se endireitou e deu glória a Deus.” Ela abriu seu coração para grande amor divino, a mulher saiu daquela experiência totalmente curada em todos os níveis da sua vida.

 

Jesus estava implantando um novo conceito de Igreja (sinagoga), uma comunidade de amor aberta aos pecadores, beberrões, viciados, e a todos aqueles que como aquela mulher vão em busca de libertação, de cura, e de perdão.

 

Não importa o tipo de doença ou pecado que você tenha cometido. Não se rotule. Não olhe para baixo, não ande encurvada mais pelo que as pessoas dizem a seu respeito, ou pelo pecado que te assedia.

 

Jesus deseja perdoá-la, libertá-la e curá-la agora mesmo. Ele te chama para o meio para tocar s sua alma e seu corpo. Trazendo toda cura que você necessita. Imediatamente. Basta você crer.

 

Oração: “Senhor, só Tu curas os de coração quebrantando e salva os de espírito oprimido. És Tu que perdoas todos os pecados e sara todas as enfermidades .Se o Senhor as libertar verdadeiramente serão livres. Eu oro Senhor agora por cada mulher, por cada vida declarando: ‘Seja curada neste momento de toda enfermidade da alma, do corpo e do espírito receba a sua cura, em nome de Jesus.’ ” (parafraseado Salmos 34.18, 147.3 e João 8.36).

Texto e vídeo: Mônica Vicente*

*Mônica Vicente é evangelista, teóloga, plantadora de igreja, turismóloga, mãe de dois filhos e casada há 38 anos.