Mulher cristã com T.P.M.? | MULHERES NO ALTAR

“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra estes não há lei.” (Gálatas 5.22,23)

 

A TPM, ou Síndrome Pré-Menstrual (SPM), se caracteriza pelo conjunto de sensações que ocorrem cerca de 10 dias antes do início do ciclo menstrual. Segundo dados do Ministério da Saúde, a TPM atinge mais de 70% das mulheres brasileiras. Existem vários graus da TPM variam de acordo com uma série de fatores, porém os mais comuns são irritabilidade, stress, ansiedade, dificuldade para dormir, alterações de humor…

De fato, a T.P.M. é fisiológica. Neste período os hormônios causam uma série de desconfortos físicos e emocionais. É fato que este termo já se tornou alvo de piadas e memes nas redes sociais. Talvez por isso não é levada tão a sério.

 As mulheres cristãs têm T.P.M.? Claro, pois é fisiológico, contudo, não se pode fazer deste período uma desculpa para desobedecer a palavra de Deus deixando a carne reinar! Não se pode ignorar o pecado! Seja sincera e reconheça que muitas vezes você tem usado a TPM como justificativa para sua ira, falta de paciência, falta de domínio próprio, falta de mansidão, gula, autocomiseração entre outros.

Paulo cita em Gálatas 5.3: “Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne”.

 

Você precisa compreender que as suas tendências pecaminosas serão agravadas neste período e serão testadas de várias maneiras. O pecado não será justificado porque você está de T.P.M., e nem será isenta das responsabilidades de suas palavras e atos.

 

Se você comer barras e barras de chocolate, com certeza você vai engordar, se for grosseira com seu marido, terá que pedir perdão, se usar de palavras destrutivas com os seus vai ter que se retratar. Preste atenção as pessoas não deixaram de ficar magoadas só porque você está na T.P.M.

A T.P.M. não aflige só você, mas a todos que você se relaciona! É evidente que os primeiros que são “atacados” estão dentro de casa: marido, filhos, funcionários.

Você se encontra num estágio em que mal consegue se aguentar. Se você está num estágio de apenas sobrevivência a qualquer custo e não encontra uma forma de lidar com este estado deixando a vida te levar. Andando em círculos, passando pelo mesmo território e lidando com os mesmos problemas, as mesmas frustrações, erros, fraquezas, limites.

Quero lhe dizer algo, todas nós já passamos por momentos que nos sentimos completamente impotente diante das circunstâncias. Precisamos reconhecer a necessidade de um Poder maior que nós: O PODER DE DEUS, através do Espírito Santo. Sem os frutos do Espírito Santo operando em nós, não conseguimos nos libertar de todas as coisas que nos impedem de alcançar o melhor de Deus.

“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio” Gálatas 5.22,23b.

 

Nestes dias muitas coisas mudam em você: seu jeito de agir frente à acontecimentos, sua maneira de olhar as coisas, de falar…. Pergunte a você mesma como eu fico na T.P.M? Faça uma lista de suas reações, exemplos: “pavio curto”, palavras torpes, irritação, autocomiseração; tudo o que te incomoda e a faz pecar deliberadamente.

“Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira, nem deis lugar ao diabo. Efésios 4:26,27.

 

 Apresente a Deus suas fraquezas, peça que Ele lhe dê condições de percebê-las para refutá-las em sua vida. Peça ao Espírito Santo que lhe conceda a mansidão e o domínio próprio nestes dias tenebrosos. Então, como fazer a T.P.M. agir ao seu favor? Vivendo de acordo com a Palavra de Deus e pelo Poder do Espírito Santo, então você pode confiar que está “tomando o remédio correto” capaz de aperfeiçoar a Vontade do Pai em sua vida!

“Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração.” Tiago 4.8.

 

Ore: Pai Amado a Tua Palavra diz que devemos guardar o coração, dominar os sentimentos e emoções para não andar segundo a carne. Não quero ser uma mulher rixosa, nem deixar que a ansiedade, a gula ou raiva me domine. Ajuda me Espírito Santo a enxergar a verdade sobre mim mesma colocando a verdade no lugar das mentiras. Capacita-me a fazer mudanças quando estiver passando por este período hormonal. Abre meus olhos para aquilo que preciso ver para confessar meus pecados e me arrepender de cada um deles. Oro no nome de Jesus.

Texto e vídeo: Mônica Vicente.

 

Medite nesta semana nos versículos desta mensagem: em Gálatas 5.3 – 5.22-23 – Tiago 4.7,8 – Efésios 4.29- Efésios 4.2, 27-Tito 3.2.