Mente Dividida

Achegai-vos a Deus, e Ele acolherá a todos vós! Pecadores, limpai as vossas mãos, e vós que tendes a mente dividida pelas paixões, purificai o coração,  entristecei-vos, arrependei e chorai. Abandonai o riso fácil e pranteai, trocai a vossa euforia pelo pesar.  Humilhai-vos na presença do Senhor, e Ele vos exaltará!” (Tiago 4.8 – 10 – KJA*).

Nossa vida passa e repassa em diferentes tempos, ora mais acelerado, ora mais lento, mais no final do curso ainda somos os mesmos, pois não encontramos o que realmente procurávamos ser.

Já que nossos corações se perdem no que realmente procuramos ser, como uma imagem que vislumbramos no espelho e logo esquecemos, nosso olhar é desviado seja por dificuldades, seja pelas nossas paixões e principalmente pelo sonho da modernidade. O novo, nos enfeitiça, nos laça, e faz de nossos esforços, pensamentos e dias para conseguirmos ilusões de consumo, que podemos chamar de celular, carro, casa…

Tudo isso em que nome? Em valor do que? Será daquele que era para ser nosso propósito? Nosso chamado? Todavia como Esaú trocamos nosso chamado por pequenos pratos de lentilha.

Em vista disso, Tiago direciona sua oração no capitulo 4, não para condenação, e sim para quebrantamento do coração do homem, para assim se fazer como novo.

O coração que se achega com o desejo de não viver para si mesmo e nem segundo as mesmas práticas, confinadas e dividas pelas paixões. No entanto, entende que a força, a capacidade vem do Senhor, e para Senhor, para não viver como outrora uma vida dividida, e sim inteira no Senhor.

Senhor oramos e pedimos para que possamos ir além, para este novo e verdadeiro caminho. Em Nome de Jesus, Amém!

Texto: Lucas Vicente

*Tradução: King James Atualizada