Incondicional

“Mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo, conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifestado no fim dos tempos, por amor de vós” (I Pedro 1.19-20).

Uma das maiores revelações em Cristo, e entender que seu amor pela humanidade é incondicional, esta imagem já estava contida no Antigo Testamento, quando Deus cria todo o  universo para homem, e após pecado de Adão oferece o cordeiro (simbologia de Cristo) para retirar seus pecados, por isso Pedro ensina que o cordeiro já estava oferecido desde inicio dos séculos, contudo os hebreus, com o judaísmo, não consegue entender totalmente esta imagem. Vinculando a imagem de Deus, como o Senhor dos Exércitos, que faria o seu Reino, Israel prosperar.

Esta imagem de Deus de amor e bem representada nos textos de Isaías, que ilustra a vinda de Cristo como Servo sofredor e Cordeiro, demonstrando que Deus não veio ao mundo para condena-lo, mas para trazer salvação a ele, não importando seus erros, suas falhas, seu passado, Deus está pronto para amar e perdoar.

Então quando vierem as palavras na sua mente, dizendo que você não é merecedor de vida, de salvação, de Cristo, você não presta, lembre-se:

 “Ele acredita em você, ouça minha voz, te estendo a minha mão, Meu amor é incondicional”.

 Sempre o perdão está presente, para aqueles que procuram; Sempre a mudança esta presente  para aquele que pede; sempre haverá vida para quem bate na porta de Jesus. Por isso não se esqueça, quão vil esteja sendo seu caminho ele te ama, esta pronto a perdoar, pois seu amor é incondicional.

Jõao 3.16 e 17 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele”.

 Ore: Senhor lhe agradeço pelo seu amor, sua miséricordia, que não me abandonou em pecado, mas em Cristo trouxe luz em minha vida. “Pela fé, agora sou salvo e justificado pelo seu amor, em nome de Jesus, amém”

Lucas Vicente