Eva – A Desobediente

“E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela”.
(Gênesis 3. 6 – ACF*)

 

Adão recebeu de Deus a tarefa de supervisionar toda criação, mas Deus percebeu que não era bom o homem ficar só, então de sua costela criou a mulher e a apresentou como esposa. A tarefa da mulher era ser auxiliadora idônea de seu marido. Eva tinha tudo o que podia sonhar ou imaginar. Vivia num paraíso, conversava com o Senhor face a face. Não tinha falta de nada. Por que Eva comeu do fruto proibido?

 

A Bíblia menciona que a serpente, mais sagaz do que todos os animais (Gênesis 3.1) começou um diálogo com Eva para quebrar sua pureza e inocência. Eva escolheu acreditar na mentira de satanás. Comeu do fruto proibido e o deu também ao seu marido. Aquela árvore começou aos olhos de Eva a ser boa para comer, agradável aos olhos e desejável para entendimento, aprenda o olhar da serpente distorce a realidade! Eva foi enganada, se corrompeu trazendo o pecado original a toda humanidade e estragando o plano perfeito que o Senhor tinha para o homem. Sua escolha foi conhecer o bem e o mal em vez de obedecer.

 

Quantos “frutos proibidos” são criados pela voz da serpente? A falta de perdão, insubmissão, murmuração, traição, fofoca, raiva, amargura entre tantos outros que corrompem a natureza de Deus. Algumas vezes pensamos é só uma vez, só vou experimentar, só vou dar uma olhadinha. Não se engane e não se corrompa por mais atraente que sejam as propostas. Que possamos aprender com os erros de Eva para não os cometer novamente.

 

Não nos deixemos enganar por esta voz que tenazmente nos assedia. O apóstolo Paulo nos dá um conselho em Coríntios para não nos distanciarmos da simplicidade que há em Cristo corrompendo nossos sentidos. “Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo”. (2 Coríntios 11.3 – ACF*)

 

Não negocie a Palavra de Deus- não negocie o Evangelho da nossa salvação!

 

Oração: Pai Amado que cada uma de nós não sejamos corrompidas nesse mundo de aparências e desejos malignos. Que o Senhor nos guarde debaixo de suas asas e nos conserve sempre na simplicidade que há em Cristo. Que a sua voz sempre esteja presente, em nosso coração. Oro no Nome de Jesus.

 

Texto e Vídeo: Mônica Vicente

 

*Mônica Vicente é evangelista, plantadora de Igreja, teóloga, turismóloga, casada há 39 anos, tem dois filhos casados e duas netas.