ESTUDO MULHERES DA BÍBLIA: Mulher Samaritana – Você Tem Sede?

“Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. Então, lhe disse a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)? Replicou-lhe Jesus: Se conheceras o dom de Deus e quem é o que te pede: dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva. Respondeu-lhe ela: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva? És tu, porventura, maior do que Jacó, o nosso pai, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, e, bem assim, seus filhos, e seu gado? Afirmou-lhe Jesus: Quem beber desta água tornará a ter sede; aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna. Disse-lhe a mulher: Senhor dá-me dessa água para que eu não mais tenha sede, nem precise vir aqui buscá-la”. (João 4.7-15 ARA).

A água é a fonte de vida para o nosso corpo, ela hidrata e faz os órgãos funcionarem harmoniosamente. Médicos dizem que o ser humano pode sobreviver por muitos dias sem comer, porém sem água ele sobrevive por no máximo 3 dias; o corpo entra em colapso.

Vemos neste texto a mulher samaritana que era rejeitada e condenada, ser visitada por Jesus em Samaria.

“E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria”. (João 4.4, ARA).

Jesus sabia a necessidade daquela mulher, Ele sempre sabe a nossa necessidade. Mas veja quando Jesus lhe ofereceu água viva ela não entendeu. Respondeu que o poço e a água natural eram difíceis de pegar.

Assim a água natural pode representar em nossa vida, tudo aquilo que colocamos que irá nos satisfazer momentaneamente, ou áreas da nossa vida que ainda não entregamos para Jesus e sempre voltamos a ter sede. Ao mesmo tempo sentimos um desejo desenfreado por nos completar com o consumo, mas compramos e compramos sem nunca nos satisfazer, pois estamos colocando a nossa suficiência em coisas naturais que não pode nos completar. Da mesma forma aquela mulher tinha uma área de sua vida sentimental que não era preenchida, e assim ela buscava em vários homens se satisfazer.

Mas quando entregamos e entendemos que a nossa satisfação plena está em Jesus ficamos completas, compreendemos que o Senhor quer nos usar e fluir do nosso interior fontes de água viva para inundar a nossa casa, o nosso trabalho, a nossa família, nosso casamento…

Reflita: Onde estou buscando água?

Declare: Senhor ajuda-me a beber da Tua água viva para que eu não tenha mais sede e não precise de mais nada para ser completa. A minha suficiência vem de Ti Jesus.

Texto: Mônica Vicente.

*ARA – Almeida Revista E Atualizada.