Essência

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”. (João 4.23-24)

Jesus ensina várias coisas neste versículo.  “Em Espírito” indica o nível em que ocorre a adoração verdadeira. Devemos comparecer diante de Deus com total sinceridade e num espírito [ou disposição de ânimo] dirigido pela vida e atividade do Espírito Santo.

Por isso, a adoração é a oferta, a verdade do Pai que se revela no Filho e se recebe mediante o Espírito. Aqueles que propõem um tipo de adoração que ignora a verdade e a obediência da Palavra de Deus desprezam no seu todo o único alicerce da verdadeira adoração.

Ore: “Senhor ensina-me a ter um coração contrito e compungido pela essência da verdadeira adoração”.

Texto: Mônica Vicente.