Em Cima Do Muro

“E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e prolongou a prática até à meia-noite.E havia muitas luzes no cenáculo onde estavam juntos. E, estando um certo jovem, por nome Êutico, assentado numa janela, caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo; e foi levantado morto. Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está.E subindo, e partindo o pão, e comendo, ainda lhes falou largamente até à alvorada; e assim partiu. E levaram vivo o jovem, e ficaram não pouco consolados”. (Atos 20.7-12).

Este pequeno relato conta um pedaço da vida crucial de um jovem chamado Êutico. O Apóstolo Paulo tinha ido a uma cidade chamada Trôade, e no domingo ao entardecer, pregou até a meia-noite.

O jovem Êutico que estava na janela, do terceiro andar daquele local, logo caiu no sono, e com isso caiu do Cenáculo e morreu. Mas o Apóstolo Paulo, pelo poder de Deus, ressuscitou o menino, e estes voltaram para culto, tomaram a ceia. E Paulo continuou pregando até cerca de seis horas da manhã.

Gostaria de chamar a atenção para o jovem Êutico. Este não estava nem dentro, nem fora do local, estava em cima do muro. Logo que deu uma vacilada caiu para o lado mais fraco.

Conta-se uma estória de um jovem que realmente estava em cima do muro, e de um lado havia os anjos de Deus, o chamando para pular para o lado deles, e do outro havia os demônios e o Diabo, quietos vendo aquele jovem.

O jovem ficou intrigado e perguntou aos demônios: “Porque vocês não me chamam também para pular para o seu lado, como os anjos de Deus estão fazendo?”, e os demônios responderam: “Sabe o muro em que você está?! Faz parte do nosso território, você já está do nosso lado!”.

Precisamos tomar uma atitude e sairmos de cima do muro, para não cairmos para o lado mais fraco, e talvez não tenhamos mais tempo de voltar. Jesus nos disse que o nosso sim, deve ser sim, e o não, deve ser não. O que vier fora disso é do maligno, a indecisão não é de Deus.

Pergunto: “E você está em cima do muro?”

Oração: “Pai, no nome de Jesus, quero sair de cima do muro. Tomo a decisão de deixar a dúvida, o mundo e suas perdições para trás, e pular para o Teu lado do muro. Recebo a Ti Jesus como meu único Senhor e Salvador, pedindo perdão por todos os meus pecados. Amém”.

Texto: Thiago Vicente