Do Amor ao Próximo

“Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos. Se alguém tiver recursos materiais e, vendo seu irmão em necessidade, não se compadecer dele, como pode permanecer nele o amor de Deus? Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade”.
(I João 3.16 – 17 – NVI*)

 Como podemos definir o amor?

Hoje em meio a uma sociedade consumista essencialmente egoísta: voltada para o “eu”,  para minhas necessidades, para minha vida, para o meu, o meu.

Esta atitude simples, espontânea demonstrada através desta passagem bíblica, elucida um aspecto do amor: ajudar a entender as necessidades dos outros.

É importante dizer as pessoas que Deus as ama, mas também é necessário demonstrar este amor por meio de atitudes e obras.

“…O Reino de Deus é semelhante a um homem que lança a semente sobre a terra.
Noite e dia, quer ele durma quer se levante, a semente germina e cresce, embora ele não saiba como”. (Marcos 4.26-27 – NVI*)

Como podemos observar no vídeo, a semente foi plantada no coração de um pequeno infrator, sem esperança e sem lugar aos olhos da sociedade, mas o amor num gesto tão simples do senhor transformou aquele jovem e 30 anos depois a semente do amor pode ser vista grandiosamente na vida dele ao ponto alcançar seu semeador.  Pois como diz as escrituras:

“Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá”. (Gálatas 6.7 – NVI*)

“Não plantem dois tipos de semente em sua vinha; se o fizerem, tanto a semente que plantarem como o fruto da vinha estarão contaminados”. (Deuteronômio 22.9 – NVI*)

“Plante de manhã a sua semente, e mesmo ao entardecer não deixe as suas mãos ficarem à toa, pois você não sabe o que acontecerá, se esta ou aquela produzirá, ou se as duas serão igualmente boas”. (Eclesiastes 11.6 – NVI*)

Você tem semeado o amor ao próximo? Vamos começar?

Pois o mundo de hoje é resultado do que homens semearam ontem, por isso vamos começar a mudar este tipo de semente, para termos uma colheita nova, uma colheita de amor.

Texto: Monica Vicente

* Tradução: Nova Versão Internacional.