Diná, O inimigo mora ao lado

Certa vez, Diná, a filha que Lia dera a Jacó, saiu para conhecer as mulheres daquela terra. Siquém, filho de Hamor, o heveu, governador daquela região, viu-a, agarrou-a e violentou-a.  (Gênesis 34:1,2 NVI)

 

Diná foi a única filha mulher dentre os doze filhos de Jacó. Jacó viajou com sua família para a cidade de Siquém, em Canaã onde adquiriu, comprou, umas terras de Hamor. Após ter se estabelecido naquelas terras, Diná decidiu sair sozinha para conhecer a cidade e seus habitantes. Uma curiosidade natural, pois era jovem e talvez estivesse confiante que poderia cuidar de si mesma. Ignorando os perigos do estilo de vida pagão dos jovens de Siquém, contrários as tradições de sua família.

 

O que começou com um passeio motivado pela curiosidade, acabou em tragédia. Dina foi agarrada e abusada por Siquém. Ela jamais poderia imaginar que o inimigo morava ali ao lado do local que seu pai escolhera para viver. Um passeio inocente resultou no trauma de ser violentada.

 

Hamor, pai de Siquém, por pedido do filho, que a Bíblia narra ter se enamorado de Diná. Propôs uma aliança entre os dois povos, casando seu filho com Diná. Os irmãos de Diná ficaram furiosos com o fato. Armaram um plano de vingança, colocando toda população masculina vulnerável ao lhes impor que fossem circuncidados para aceitarem essa aliança. Simeão e Levi, irmãos de Diná aproveitaram a vulnerabilidade da circuncisão, armaram-se com espadas e mataram todos os homens de Siquém, levaram cativas as mulheres e crianças.

 

O resultado da visita de Diná aquela cidade foi devastadora. Ela foi violentada, todos homens assassinados, as mulheres e crianças escravizados. O que podemos aprender desta história?

 

Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. 1 Pedro 5.8

 

Ou seja, o inimigo mora ao lado e não podemos ignorar seus desígnios. Aquilo que muitas vezes parece inofensivo pode se transformar em uma cilada de satanás. Muitas vezes a curiosidade em relação ao sistema do mundo que gira em torno de redes sociais, festas, relacionamentos virtuais, podem conduzir mulheres, jovens em situações nas quais vão sofrer na mão de pessoas incrédulas. Como relacionamentos abusivos, vícios, escravidão sexual, entre outros.

 

Talvez você tenha agido com a mesma curiosidade ou inocência de Diná e agora enfrenta uma situação problemática e até constrangedora. Mas, tenho uma boa notícia para você! Jesus veio para destruir as obras do inimigo! Ele pode mudar sua vida cercada de perdas, restaurar a tua paz e trazer esperança no seu interior.

 

Vamos orar?

Pai Amado coloco diante de Ti cada vida que enfrenta uma situação problemática e constrangedora por escolhas erradas. A Tua Palavra diz que se confessarmos os pecados o Senhor nos purifica de toda injustiça. Portanto cada uma confessa agora suas transgressões para perdão de seus pecados. Ajude- as Senhor a serem fortes na mente e espírito, vigiando para não caírem nas armadilhas do inimigo novamente. Oro no nome de Jesus.

 

Texto e Vídeo: Mônica Vicente

 

Mônica Vicente é evangelista, teóloga, turismóloga, plantadora de Igreja, casada há 39 anos. Tem dois filhos casados e duas netas.