DIA 23 – A IMPORTÂNCIA DAS PALAVRAS VERDADEIRAS

Mateus 5.33-37 (NVI): “33 “Vocês também ouviram o que foi dito aos seus antepassados: ‘Não jure falsamente, mas cumpra os juramentos que você fez diante do Senhor’. 34 Mas eu lhes digo: Não jurem de forma alguma: nem pelos céus, porque é o trono de Deus; 35 nem pela terra, porque é o estrado de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei. 36 E não jure pela sua cabeça, pois você não pode tornar branco ou preto nem um fio de cabelo. 37 Seja o seu ‘sim’, ‘sim’, e o seu ‘não’, ‘não’; o que passar disso vem do Maligno.” [1]

 

Jesus continua ensinando, no sermão do monte, nessa nova MENSAGEM DIÁRIA, agora sobre as nossas palavras.

 

Jesus valoriza demasiadamente as nossas palavras porque a boca fala do que o coração está cheio, e é do coração que sai a maldade humana (Mateus 12.34; 15.18-20).

 

E o que acontecia naquela época, como acontece nos dias de hoje, pois as pessoas são as mesmas, mudando só a cultura, mas como as pessoas mentem, enganam, ludibriam e manipulam, através das palavras, elas tinham que para dizer que estavam falando a verdade: jurar, prometer, garantir, assegurar etc.

Jesus cita os textos da Lei de Levítico 19.12 e de Números 30.2, e nos mostra que nossa palavra tem que sempre ser verdadeira, para sim, ou para o não. Quando temos palavras diferentes no nosso vocabulário, porque mentimos, enganamos, ludibriamos e manipulamos, é porque isso procede do mal e do Diabo.

 

Que possamos sempre falar a verdade em amor!

 

Oração: Pai em nome de Jesus, eu escolho, decido mudar as minhas palavras nesse dia para que sejam sempre a verdade, para que eu não tenha níveis diferentes de fala, mas que minha palavra sempre seja verdadeira para o sim ou para o não. Em nome de Jesus. Amém!

 

Texto e vídeo: Thiago Vicente

 

[1] Nova Versão Internacional. (2001). (Mt 5.33–37). São Paulo: Sociedade Bíblica Internacional.