DEUS

Muitas vezes as pessoas pensam que Deus é uma força, ou uma religião e até uma filosofia.

Mas o que pode ser comparado a Deus?

Pois qualquer representação que criarmos será uma caixa, que limita o ilimitado. Por isso Deus não é templo, um objeto, um homem, um governo ou uma bandeira.

Então o que é Deus?

O Apóstolo João em seu evangelho e em sua primeira carta universal, nos da uma clara referência do que é Deus:

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho Unigênito, para que todo aquele que crê não pereça, mas tenha vida eterna”. (João 3.16).

“Aquele que não ama não conhece a Deus, porquanto Deus é amor… Deus é amor todo, aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele”. (I João 4.8 e 16).

Deus é então amor, o amor incondicional, que perdoou com sua maravilhosa graça todos os homens que pecaram, no passado, no presente e no futuro, desde que creiam em seu filho, e assim consequentemente neste conceito de amor.

Deus é amor, bem simples, então porque ainda criticamos, não perdoamos, murmuramos, falamos mal, odiamos, brigamos e fazemos divisões?

Deus é amor, então se queremos ser seus filhos, devemos amar como ele nos amou não vendo preconceitos, nacionalidades, religiões e filosofias.

Amor não são palavras, mas gestos que transformam o horizonte, fazendo da mais densa treva, se tornar a mais reluzente vida.

Pois o amor é o próprio Deus. Quando amamos, somos pequenos cristos, ou seja, vivemos como Cristo viveu, amando.

Quando amamos revolucionamos o mundo, que está cheio de ambição, riqueza, individualidade e inveja. Pois consideramos o próximo mais importante que qualquer outra coisa que queremos e desejamos. Pondo fim as barreiras que divide nosso mundo.

Por isso Deus é amor, se quisermos estar ligados nEle como filhos, devemos amar sem importar com a reciprocidade, com benefícios e com retornos. Mas apenas em fazer o bem. Então viveremos Seu Reino de Amor e Graça.

Ore: “Deus que eu possa viver além de conceitos, filosofias e palavras, para viver de verdade Seu reino com o amor, que me capacita a perdoar, ajudar e ouvir, sem querer nada em troca. E assim revolucionar o mundo que vivo, trazendo seu Reino de amor e graça, peço em nome de Jesus, amém”.

Texto: Lucas Vicente.