Desperte E Seja Um Despertador

“Nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus”. (Mateus 5. 15 e 16).

Estamos presos em nossos computadores, em nosso quadrado, e o mundo somente enxerga pequenos pontos no tempo, o tempo do prazer, do bem, da compra…

Tudo gira cada vez mais rápido, as mudanças passam despercebidas em meio a nossos falsos sorrisos, e em meios aos nossos fones não ouvimos mais o choro do outro. Estamos fechamos e enclausuramos em nós mesmos, procurando de todas as formas o isolamento, do viver para si.

Contudo este transe tem se aderido em meio à igreja, em seus grandes templos, seus shows televisionados e em suas campanhas de prosperidade. Assim não tem sido um lugar de despertar o mundo do sono profundo do trabalho e do consumo, mas em estimular mais uma engrenagem deste sistema desigual.

Por isso agora, devemos estar prontos para acordar, tirarmos a luz debaixo de nós mesmos, consumirmos as trevas, como o nosso amor que pode expressar a natureza e a imagem de Cristo.

Foi este o segredo que a igreja primitiva teve para transformar e se difundir por toda antiguidade, trazendo os novos valores: da vida universal, da família cristã e da igualdade.

Então desperte e seja um despertador do mundo moderno, acabe com este transe, orando agora:

 “Senhor me ajude a acordar o outro, me desfazendo do centralismo da individualidade e que minhas ações sejam um reflexo da sua graça e desperte muitos do transe da modernidade. Peço em nome de Jesus, Amém”.

Texto: Lucas Vicente.