Descubra Se Você é Preguiçoso…

“A preguiça leva ao sono profundo, e o preguiçoso passa fome”. (Provérbios 19.15 – NVI*)

Mais um ano está chegando ao fim e podemos desde já fazer um balanço na nossa vida. O que aprendemos neste ano? Fiquei paralisado, esperando algo miraculoso acontecer e não dei nem o primeiro passo?

“Por causa da preguiça, o telhado se enverga; por causa das mãos indolentes, a casa tem goteiras”. (Eclesiastes 10.18 – NVI*)

Como está nossa casa, nossa família. A goteira daquele telhado esteve lá o ano todo e sempre deixamos para depois.

“Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso? Quando se levantará de seu sono?” (Provérbios 6.9 – NVI*)

“O preguiçoso não ara a terra na estação própria; mas na época da colheita procura, e não acha nada”. (Provérbios 20.4 – NVI*)

“As mãos preguiçosas empobrecem o homem, porém as mãos diligentes lhe trazem riqueza”. (Provérbios 10.4 – NVI*)

Podemos nos levantar deste sono e desta preguiça e correr atrás! Faça uma lista e comece do mais simples. Acontece que muitas vezes queremos a coisa grande, mas lembre-se que tudo começa com uma pequena semente.

“O preguiçoso deseja e nada consegue, mas os desejos do diligente são amplamente satisfeitos”. (Provérbios 13.4 – NVI*)

“Como a porta gira em suas dobradiças, assim o preguiçoso se revira em sua cama”. (Provérbios 26.14 – NVI*)

“O preguiçoso coloca a mão no prato, mas acha difícil demais levá-la de volta à boca”. (Provérbios 26.15 – NVI*)

Do que adianta ficarmos sonhando, planejando, mas o que sai de nossos lábios é: Amanhã eu começo, eu preciso mas…, preciso mudar minha alimentação, semana que vem começo essa dieta, quando ele me tratar melhor eu mudo…e tantas outras justificativas!

“O preguiçoso considera-se mais sábio do que sete homens que respondem com bom senso”. (Provérbios 26.16 – NVI*)

“Vou dormir um pouco”, você diz. “Vou cochilar um momento; vou cruzar os braços e descansar mais um pouco”, (Provérbios 24.33 – NVI*)

Chegou o tempo de refletirmos e tomarmos atitude e posição diante de todas as áreas de nossa vida. Não vai adiantar adiar, voltar ao passado e nos justificar, acharmos que somos a vítima da vez. Até quando você vamos dizer amanhã eu entrego a minha vida para Jesus?

Ore: Senhor eu não aceito mais a minha vida desta maneira. Peço perdão ao Senhor pela minha vida preguiçosa e displicente. Me encha de ânimo, força e disposição. Espírito Santo me ajuda! Eu também me esforçarei Senhor e tenho certeza que o Senhor me capacitará, em Nome de Jesus! Amém.

Texto: Vivian C. Thomazinho Vicente

*Tradução: Nova Versão Internacional