De Dentro Para Fora

“Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.
E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens”(Mateus 15.8-9).

No texto do Evangelho de Mateus capítulo 15, dos versículos 1 ao 20, Jesus confronta os religiosos da sua época. Estes achavam que seguiam a Deus e o adoravam. Eles perguntaram para Jesus: “Porque os seus discípulos ignoravam a tradição religiosa e não lavavam as mãos para comer”.

E então, Jesus respondeu com outra pergunta: “Porque vocês religiosos anulam a Palavra de Deus e não ajudam os vossos pais, ensinando que não é necessário fazer isso?”.

Jesus depois explica que estes religiosos não seguiam a Deus e não O adoravam. Ele diz o que entra pela boca, não pode contaminar o homem diante de Deus, mas o que sai da sua boca (suas atitudes, suas palavras, suas ações) isso pode realmente contaminar o homem diante de Deus.

Para os religiosos da época de Jesus, e muitos dos que existem até hoje, o que mais importa é cumprir regras e rituais externos, e  assim estão adorando a Deus. Achavam que para adorar a Deus, tinham que ir no templo. E que para ficarem limpos cerimonialmente, tinham que fazer rituais de purificação. Este começavam de fora para dentro.

Porém, o Filho de Deus, Jesus Cristo, trás um novo significado para o estar verdadeiramente com Deus, de dentro para fora. Não são necessários lugares para adorar a Deus, Jesus diz: “Pai procura verdadeiros adoradores que o adorem em espírito e em verdade” (João 4.24).

Precisamos estar com Deus, dentro de nós, e Ele vai mudar nosso modo de ser, e independente de onde estivermos vamos adorar a Deus, com a nossa vida para Sua Glória.

Oração: “Pai, no nome de Jesus, nos muda de dentro para fora. Tira tudo de mim tudo que não te agrada, livrá-me da hipocrisia e da religiosidade, para que eu possa te adorar em Espírito e em verdade. Amém.”

Texto: Thiago Vicente