CUIDADO! COM AS PEQUENAS COISAS!

 

Cânticos 2.15: “Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor.”

 

Muitas vezes não tropeçamos em grandes pedras por que nos desviamos delas, mas tropeçamos em pequenos obstáculos que são desprezados.

Cânticos 2.15: “Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor.”

A raposinhas são uma alegoria dos problemas que podem incomodar ou destruir um relacionamento, elas revelam que a vida das pessoas não é destruída especificamente pelo que poderíamos chamar de grandes problemas, mas por uma série de escolhas e concessões menores e aparentemente insignificantes.

O diabo, satanás, enganador, mentiroso, usurpador muitas vezes disfarça o pecado “para enganar se possível os eleitos” (Marcos 13.22).

O diabo quer destruir sua família, mas Jesus veio para destruir as obras do diabo e te dar vida abundante. Reconheça quais são as raposinhas que tentam atacar sua casa, a fim de proteger seu casamento.

 

TEXTO: Mônica Vicente