Coração Quebrantado

“Pois não desejas sacrifícios, senão eu os daria; tu não te deleitas em holocaustos. Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus”. (Salmos 51:16,17 – *ACF)

Meu amado e amada, como será que está o nosso coração? Tenho refletido a respeito e noto que vivemos em um tempo de questionamentos e indagações. Queremos saber o “por quê? ” e “para quê? ” De tudo! Não aceitamos qualquer palavra que seja contraria a nossa vontade, pois ela deve ser feita em todos os momentos. O egocentrismo tem reinado e só enxergarmos o “EU”. Por que será que temos nos comportado dessa maneira? Será que o nosso Pai tem se agradado de nosso comportamento?

Venho lhe dizer neste dia, que devemos nos submeter e confiar nas autoridades impostas por Deus a nossas vidas. Devemos começar com simples atos, como o de obedecer aos nossos pais, cônjuges, pastores, chefes e governantes.

“Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas. Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos”. (Romanos 13:1,2 – **NVI)

Nossos pais, cônjuges, pastores e governantes, são as autoridades que Deus constituiu para nortear nossas vidas. A rebeldia que é uma oposição a obediência em uma ação pedida, é um pecado abominável a Deus. Devemos obedecer verdadeiramente, mesmo discordando em certos pontos, contudo a Bíblia deve sempre ser o nosso ponto de partida, verificando se a ordem da autoridade está de acordo com a vontade de Deus, que será sempre absoluta, reconhecendo que o nosso Deus tem o melhor para cada um de nós e conhece o nosso coração e pensamentos mais profundos. Quando não obedecemos aos nossos superiores, estamos desobedecendo a Deus, pois toda autoridade vem Dele.

Que possamos ter o coração quebrantando e pronto a mudança. As falhas ocorrerão, pois somos passiveis de erros, mas é sempre tempo da busca por um quebrantado coração que move o coração de Deus.

Texto: Danielle Costa Gomes Vicente

*Tradução: Almeida Corrigida e Revisada Fiel

**Tradução: Nova Versão Internacional