A Parábola do Grão de Mostarda | TODAS AS PALAVRAS DE JESUS

E contou-lhes outra parábola: “O Reino dos céus é como um grão de mostarda que um homem plantou em seu campo. Embora seja a menor dentre todas as sementes, quando cresce torna-se a maior das hortaliças e se transforma numa árvore, de modo que as aves do céu vêm fazer os seus ninhos em seus ramos”. Mateus 13.31,32 (NVI)

 

Está parábola apresenta a Natureza do Reino, ensinada as multidões. Que eram pescadores e agricultores, na sua maioria, representando ensinamentos, por meio dos afazeres e observações cotidianas. O Reino dos Céus não será como os Judeus do período imaginavam, por um governo militar como o de Davi. Mas, no entanto, o Reino de Cristo, será imperceptível aos homens, como um grão de mostarda, a menor das sementes, ínfima, discreta, mas de concepção interna e individual, e com o passar do tempo alcança grandiosa dimensão, como a maior das hortaliças.

 

A Alusão dos pássaros, fazem ninhos nos galhos, representam os Gentios a universalidade da mensagem. O texto de Mateus, nos versículos 34 e 35 definem esses fatos, se reportando ao livro de Salmos 78. 2. :

 

 Jesus falou todas estas coisas à multidão por parábolas. Nada lhes dizia sem usar alguma parábola,- cumprindo-se, assim, o que fora dito pelo profeta: “Abrirei minha boca em parábolas, Proclamarei coisas ocultas Desde a criação do mundo”. Mateus 13.34,35

 

Em parábolas abrirei a minha boca, proferirei enigmas do passado; Salmo 78.2

 

Oração: Pai Amado, Pai Querido, que possamos transmitir o Seu Reino, as pessoas, com sabedoria que vem de Ti. Eu oro no nome de Jesus. Amém.

 

Texto e vídeo: Greg Vicente

 

*Gregório Vicente é pastor, escritor, teólogo, administrador de empresas, é casado há 39 anos tem dois filhos casados e duas netas.