A caminhada de José, o sonhador

Gênesis 37.19 (NVI): 19 “Lá vem aquele sonhador!”, diziam uns aos outros. [1]

 

José é o décimo segundo filho de Jacó, mas o primeiro filho de Raquel. O filho da mulher que Jacó amava, e o filho preferido de Jacó. No entanto, nada disso isentou José de passar por dificuldades extremas em sua vida.

 

Aos dezessete anos ele foi iria ser morto pelos seus irmãos, mas acabou sendo vendido como escravo para os ismaelitas. Tudo porque seus irmãos o odiavam, não conseguiam sequer falar com ele, e tinham inveja dele.

 

No entanto, antes de passar por todo o início dessas dificuldades, Deus deu dois sonhos para José, para que ficasse firme em meio a tantas dificuldades que iria passar. Ele precisou sonhar no meio da crise. Ele precisou se apegar nas promessas de Deus para sua vida, porque sem elas não iria aguentar.

 

Depois de ser vendido como escravo para beduínos ismaelitas do deserto, eles lucraram com José vendendo-o como escravo no Egito. Nesse lugar, foi trabalhar na casa de Potifar, oficial do Faraó. Ali, o senhor o abençoou e estava com ele, de tal forma que o fez prosperar, mesmo como escravo, e fez Potifar reconhecer isso e coloca-lo como chefe de sua casa.

 

No entanto, a mulher de Potifar tentou seduzí-lo, e ele tentou fugir, mas não tinha para quem reclamar. E dessa forma, foi pego em emboscada que resultou na acusação dele perante seu senhor Potifar, que o jogou na prisão.

 

Estando na prisão, Deus continuava com José, e o abençoava fazendo prosperar de tal forma, que o carcereiro chefe o colocou como responsável pela prisão. Na mesma prisão, José desvenda o sonho de dois funcionários de Faraó, mas mesmo quando um deles é liberto, se esquece de José que continua preso até os trinta anos.

 

Foram treze anos de sofrimento, sem família, sem amigos, injustiçado duas vezes, até que Faraó tem dois sonhos, e José é levado até ele para desvendá-los. Ele não apenas dá interpretação dos sonhos, mas a solução e com isso o próprio Faraó o Espírito Santo na vida de José, e o coloca como governador do Egito.

 

Em tudo, José sabia que sua vida estava nas mãos de Deus, e seus sonhos, e a benção de Deus que o fez prosperar em todos esses anos, foram o sustento para que pudesse progredir em excelência, integridade e compromisso, no caminho excelente de Deus para sua vida.

 

Oração: Deus em nome de Jesus, eu creio que o caminho que o SENHOR tem para minha vida é o melhor, por isso, mesmo não vendo eu me entrego para andar nesse caminho em amor, com fé em ação com: excelência, integridade e compromisso até que seus planos eu veja seus planos sendo cumpridos em minha vida. Amém!

Texto: Thiago Vicente

*Thiago Vicente (Instagram: @thigvi) é o idealizador e fundador do MENSAGEM DIÁRIA, pastor, reverendo, teólogo, professor de educação física, personal trainer, especialista em fisiologia do exercício, mestre com aprovação com louvor na área de Bíblia, plantador de igrejas, casado há 12 anos e tem duas filhas.

 

[1] Nova Versão Internacional. (2001). (Gn 37.19). São Paulo: Sociedade Bíblica Internacional.