"Se alguém fala, faça-o como quem transmite a palavra de Deus. Se alguém serve, faça-o com a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam a glória e o poder para todo o sempre. Amém." (I Pedro 4.11 - NVI*)

Muitas vezes temos enclausurado o nosso cristianismo, ele tem tido um entonação por vezes apenas aos domingos, no espaço cúltico, ou nos espaços definidos como "religiosos" ou "espeirituais".

Se pensarmos segundo o Novo Testamento vamos descobrir que não era desta forma que o cristianismo andava, mas de maneira geral o cristianismo era público e a intenção era manifestar a glória de Deus com toda a força, de forma a preencher todos os espaços da vida do indivíduo e da comunidade.

Que tal analisarmos hoje em nossa vida como tem sido o nosso cristianismo? De que maneira estamos vivendo e revelando a glória de Deus?
Se abrirmos nossa boca, que nossas palavras de alguma forma contenha a palavra de Deus.
Se estamos servindo nossa família, trabalhando fora de casa, façamos com todo nosso esforço e dedicação.
Se você está à procura de uma religião que o deixe confortável, definitivamente eu não lhe aconselharia o cristianismo. C.S. Lewis

Texto: Vivian C. Thomazinho Vicente.

*Nova Versão Internacional.