II.MISSSÃO EM SAMRAIA – FELIPE - 8.4-8

O contexto da missão em Samaria seria a continuidade do discurso de Estevão, em que concebiam que o Templo de Jerusalém não era o único local onde uma adoração aceitável para Deus poderia ser oferecido, por isso, rompiam com a rivalidade com samaritanos, tornando-os cristão mais tolerantes que seus compatriotas judeus7. No entanto, a cultural samaritana passava por um sincretismo, entre a cultura grega e o judaísmo, mas ainda assim a doutrina de que Jesus era o Messias não seria totalmente ofensiva, poios samaritanos esperavam a vinda de um messias que anunciaria “tudo”8 (Jo 4.25). A contraposição, posteriormente de Simão o mago, aos discípulos é um retrato deste sincretismo. 

Os princípios da missão em Felipe a Samaria pode ser evidenciados não somente pela proclamação (v.5), como também por sinais prodígios e maravilhas (v.6 e 8), um ato e efeito do Reino de Deus, ligando-se ao conceito tratado no item anterior. Em Estevão, observamos um ato da sabedoria (At. 6.8 e 10), no caso de Felipe, curas e exorcização, demonstrando sempre a pluralidade do poder de Deus9. Outro elemento fundamental é um fim proveitoso da ação do Espirito Santo (I Cor. 12.11), que capacita e edifica a proposta da missão10, devido a isso, o texto retrata que mediante a este efeito, o povo de Samaria, deu ouvido a mensagem de Felipe (v.6). Esta não foi exposta por inteiro, mas foi citada como “pregou as Boas Novas do Reino de Deus e do Nome de Jesus Cristo” (v.12), o que provavelmente não acrescer o discurso teológico do livro de Atos, e sim retomar ao tema central teológico do livro, o arrependimento e vida, já expostos nos discursos de Pedro (At. 2. 37 – 38; 3.19). Até por isso, o texto refere-se que Felipe havia os batizados, uma expressão clara que eles foram levados ao arrependimento e fé em Cristo como salvador de seus pecados11.

"E Saulo estava ali, consentindo na morte de Estêvão. Naquela ocasião desencadeou-se grande perseguição contra a igreja em Jerusalém. Todos, exceto os apóstolos, foram dispersos pelas regiões da Judéia e de Samaria." (Atos 8:1 - NVI*)

Texto: Lucas Guimarães Vicente.

*Nova Versão Internacional.