Back to Top

Novo Logo Mensagem Diaria

Atos Dos Apóstolos - Parte I

Publicado: Segunda, 29 Janeiro 2018 07:13

"Estêvão, homem cheio da graça e do poder de Deus, realizava grandes maravilhas e sinais entre o povo. Contudo, levantou-se oposição dos membros da chamada Sinagoga dos Libertos, dos judeus de Cirene e de Alexandria, bem como das províncias da Cilícia e da Ásia. Esses homens começaram a discutir com Estêvão, mas não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito com que ele falava. Então subornaram alguns homens para dizerem: "Ouvimos Estêvão falar palavras blasfemas contra Moisés e contra Deus". Com isso agitaram o povo, os líderes religiosos e os mestres da lei. E, prendendo Estêvão, levaram-no ao Sinédrio. Ali apresentaram falsas testemunhas que diziam: "Este homem não pára de falar contra este lugar santo e contra a lei. Pois o ouvimos dizer que esse Jesus, o Nazareno, destruirá este lugar e mudará os costumes que Moisés nos legou". Olhando para ele, todos os que estavam sentados no Sinédrio viram que o seu rosto parecia o rosto de um anjo." (Atos dos Apóstolos 6.8-15 - NVI*)

INTRODUÇÃO:

O desenrolar do livro de Atos, após descrever a formação e desenvolvimento da Igreja Primitiva em Jerusalém e na Judéia, entre 33 – 37 d.C., agora por meio da História de Estevão, procura justificar e apontar a expansão para Samaria. Pois, segue a ordem cronológica e geográfica, de Atos 1.8, Jerusalém, Judéia, Samaria e até os confins da terra. Sendo assim, após a morte de Estevão, e a perseguição da igreja em Jerusalém, maior parte dos discípulos expandem, para Judeia, Samaria e Ásia (Maior parte Antioquia, Fenícia, Chipre) (At.8.4,5; 11.19). A referência dos confins da terra, e ligado, ao mundo gentio, greco-romano, Ásia e Europa1 .

I. CHEIO DE GRAÇA E PODER (VS. 8)

Esta expressão idiomática para ser entendida no seu contexto histórico, se faz necessário pela análise do conceito no grego: A. Graça: A palavra graça é utilizada 155 vezes no novo testamento, sendo 100 utilizadas por Paulo, no livro de Atos usada por volta de 4 vezes. O seu significado geral é de favor, inclinação, imerecida de Deus. Contudo na passagem específica do capítulo 6 de Atos significa o poder que flui a partir de Deus que dá sucesso em suas missões (At.6.8, 11.23, 14.26, 15.20 e 18.27). Pois o favor de Deus possibilita a edificação (20.32) e a capacitação (18.27) do poder de Deus para missões2 .

Texto: Lucas Guimarães Vicente.

1 GUNDRY, Robert. Panorama do Novo Testamento. 4° Ed. São Paulo; Sociedade Religiosa Edições Vida Nova. 1987.p.244 e 246.

2 Dicionário Internacional de Teologia do Noyo Testamento. Vol. I. Colin Brown, Lothar Coenen Org. 2° ed. São Paulo; Vida Nova, 2000. ´p. 910 e 911.

TÚNEL DO TEMPO - Parece Mas Não É

Publicado: Quarta, 27 Setembro 2017 03:00

Esse clipe da banda Resgate, Jack, Joe And Nancy In The Mall, parece, mas não é.

A música tem o sentido dúbio. Em muitas partes é cantada em inglês, mas parece estar sendo cantada em português, e por isso tem sentido duplo.

Quero chamar a atenção para outra coisa que parece, mas não é.

Jesus disse que muitos chegaram diante Dele um dia, e Ele dirá: “Apartai-vos de mim vocês que praticam a iniquidade porque não vos conheço”.Essas pessoas dirão para Jesus: “Mas nós profetizamos em seu nome, fizemos milagres em seu nome”.

Muitas igrejas e muitos evangelhos pregados por aí também parecem que são de Jesus porque se fala de Deus. Mas não são.

Estes falam em nome de Deus e de Jesus, mas só falam de barganha, de dinheiro, de finanças e de ter coisas. Mas na verdade não são de Jesus.

Jesus disse que o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas gozo, alegria e paz no Espírito Santo.

Cuidado! Muitos mercenários, que se vestem de pastores estão por aí para te enganar! Eles falam em nome de Deus, mas não são Dele!

Parece mas não é…

Texto: Thiago Vicente.

Pagina 5 de 16

sombra1

Copyright © 2011-2015 - Mensagem Diária logosg