"Poucos dias depois, tendo Jesus entrado novamente em Cafarnaum, o povo ouviu falar que ele estava em casa. Então muita gente se reuniu ali, de forma que não havia lugar nem junto à porta; e ele lhes pregava a palavra. Vieram alguns homens, trazendo-lhe um paralítico, carregado por quatro deles. Não podendo levá-lo até Jesus, por causa da multidão, removeram parte da cobertura do lugar onde Jesus estava e, através de uma abertura no teto, baixaram a maca em que estava deitado o paralítico. Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico: "Filho, os seus pecados estão perdoados". Mas, para que vocês saibam que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados — disse ao paralítico — eu lhe digo: Levante-se, pegue a sua maca e vá para casa". Ele se levantou, pegou a maca e saiu à vista de todos. Estes ficaram atônitos e glorificaram a Deus, dizendo: "Nunca vimos nada igual! " (Marcos 2:1-5. 10-12) 

Existe um grande contraste entre como a humanidade enxerga seus problemas e como Deus vê nossos problemas. 

Para todos os que ali se encontravam aquele paralítico necessitava da cura física, da reabilitação.  

Mas do ponto de vista de Jesus havia uma necessidade maior que seu estado de saúde: PERDOAR SEUS PECADOS. Havia algo pior do que ser paralítico: ter a morte espiritual e eterna! 

Jesus concedeu aquele homem a maior de todas as dádivas a vida eterna através do perdão de seus pecados. 

A aplicação deste ensino de Jesus: 

1- Que a coisa mais importante na sua vida não é a resolução de seu problema. Mas a sua maior necessidade é o perdão dos seus pecados. O mais importante de tudo é a reconciliação com Deus. 

2- Jesus ensina que somente Deus pode perdoar pecados! Não é o pastor, nem o padre católico, nem o ministro, nem a Igreja como Instituição. Só quem perdoa pecados é Deus através de Seu Filho Jesus Cristo! 

Por isso se você deseja obter perdão dos seus pecados e ter vida eterna. Faça como aquele homem: Busque a Jesus! Não importa os obstáculos! 

Você só precisa chegar na presença de Jesus como pecador e ficar até que você ouça em seu coração: Filho os Teus pecados estão perdoados! 

Texto: Mônica Guimarães Vicente.