"17 Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se opõem um ao outro, para que não façais o que quereis. 19 Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, 20 a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, 21 as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus". (Gálatas 5.17; 19-21 - ARA*) 

Em Romanos 13:14, o apóstolo diz: "Nada disponhais para a carne"; assim, não devemos alimentar a carne com o que lhe dá prazer. Não há bem algum na carne (Rm 7:18), de modo que nunca devemos confiar nela (Fp 3:3). A carne está sujeita à Lei de Deus (Rm 8:7) e não pode agradar a Deus (Rm 8:8). Somente por meio do Espírito Santo é que podemos "mortificar" os feitos que a carne usaria nosso corpo para realizar (Rm 8:13). Para isso devemos entender quais são os fundamentos da obra da carne: (As definições, foram retirados das palavras no original do grego, conferir ao fim do texto, referências).

a. Sexual: Prostituição: relações sexuais ilícitas, adultério, fornicação, homossexualismo e pedofilia. Impureza:  no sentido moral: impureza proveniente de desejos sexuais, luxuria, vida devassa. Mediante a pornografia e valores distorcidos do mundo. Lascívia:  luxúria desenfreada, excesso, licenciosidade, lascívia, libertinagem.

b. Supersticiosos: Idolatria: adoração a deuses falsos, idolatria, da cobiça, como adoração a Mamom e tudo que se coloca no lugar de Deus. (aquele que supri, da esperança e fundamento de nossas vidas). Feitiçaria: Uso ou administração de drogas para se contatar aos seus deuses, no caso de hoje o prazer, feitiçaria, artes mágicas.

c. Pecados sociais: Inimizades:  o mesmo que "ódio", atitude mental que provoca e afronta outras pessoas, como um preconceito. Porfias: contenda, disputa, discussão. Ciúmes: Disposição de suspeitar da fidelidade da pessoa amada. Esse tipo de ciúme é doentio e só faz mal. Iras: As iras são acessos de raiva. Discórdias:  aparentemente, no NT uma distinção requerida, um desejo de colocar-se acima, um espírito partidário. Dissenção: Divisão. Facção: seita, heresias, oriundas de líderes da igreja que promovem a si mesmos e que insistem que as pessoas os sigam em lugar de seguirem ao Senhor (o termo heresia, em grego, significa "fazer uma escolha”).

d. Hedonistas: Invejas:  indicam rancores e o desejo profundo de ter aquilo que outros têm. Bebedices: Intoxicação e embriaguez. Glutonarias: Orgias, Farras, excesso em comer ou beber.

Ore: "Senhor nos ajude a abandonarmos as obras da carne, nos ajude a todos dias nascermos de novo, da água e do espírito, para assim vivermos segundo a cultura do alto e não a terrena. Pedimos em nome de Jesus. Amém".

Texto: Lucas Vicente. 

* Tradução: ARA - Almeida Revista Atualizada.

Referências:

ANDRADE, Claudionor C. Dicionário Teológico. Rio de Janeiro; CPAD. 1998.

KASCHEL, Werner. ZIMMER, R. Dicionário da Bílbia de Almeida.Rio de Janeiro; 2 Edição. SBB. 1999. 

STRONG, James. Dicionário Bílbico Strong: Léxico Hebraico, Aramaico e Grego de Strong. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, 2002.

WIERSBE, Warren W. Comentário Bíblico Expositivo: Novo Testamento. Volume 1, São Paulo; Editora Geográfico, 2007.