"A lei do Senhor é perfeita e restaura a alma; o testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos símplices." (Salmo 19.7)

Neste mundo da pós-modernidade, as pessoas procuram por um alívio, por sabedoria de como lidar com as situações adversas que temos vivido. Se você pesquisar na internet, encontrará receita para tudo, como curar isso, como restaurar aquilo, como ser mais sábio, como trazer paz e restauração para sua alma...

Buscamos uma solução para este mundo perdido e nossas almas sedentas, no entanto, elas poderão até nos dar uma impressão inicial de que superamos isso ou aquilo...mas depois de um tempo tudo volta como era antes. Por que isso acontece?

Simples, não existe mágica, precisamos nos esforçar diariamente para superar os desafios, pois a cada dia eles serão novos e mais desafiadores. Na verdade estamos em busca de satisfação, prazer, alegria, oferecer alívio para a carne, mas a alma continua sedenta e arruinada.

O que pode restaurar a nossa alma é a palavra de Deus, ela é um bálsamo diário para nós, mas precisamos criar este hábito. Como criar um hábito? Vamos ver 5 maneiras científicas de criar um hábito:

1. Grandes metas, pequenos passos

Ciotti sugere, citando um artigo publicado em 2006 no Journal of Personality and Social Psychology, que você tenha objetivos grandes, “abstratos” (como “ter inglês fluente” ou “ser um excelente goleiro”), contrabalanceados por passos pequenos (ou, nas palavras dele, “pequenas cotas” a serem preenchidas).

“Suas ‘metas’ devem ser os grandes objetivos que você deseja alcançar algum dia, e as suas ‘cotas’ são o mínimo de trabalho que deve ser feito diariamente para ajudar os grandes objetivos a se tornarem realidade”. 

Sendo assim, inicie um plano de leitura da Bíblia hoje mesmo, comece aos poucos, mas planeje metas e objetivos, você verá uma mudança interior e exterior em sua vida diária.

Texto: Vivian Cristina Thomazinho Vicente.