"Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz a cura." (Provérbios 12:18 - NVI*)

"O coração ansioso deprime o homem, mas uma palavra bondosa o anima." (Provérbios 12:25 - NVI*)

"Quem guarda a sua boca guarda a sua vida, mas quem fala demais acaba se arruinando." (Provérbios 13:3 - NVI*)

Notamos nestes versículos a importância das palavras que saem da nossa boca. No entanto, devemos compreender que não se trata de poder nas palavras, mas sim qual é a intenção de onde saem estas palavras.

Jesus disse que do coração procede os maus desígnios, sendo assim, uma palavra não sai de nossa boca sem que ela tenha saído do coração. 

Desta forma precisamos olhar para dentro de nós, ou seja, para o nosso interior. 

Preste atenção em seu interior e do que você tem preenchido o seu interior, sua mente e coração!

Texto: Vivian Cristina Thomazinho Vicente.

*Nova Versão Internacional.