"Então se aproximou dele a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, adorando-O, e fazendo-Lhe um pedido. Senhor, por favor, "dize que estes meus dois filhos se assentem, um à Tua direita e outro à Tua esquerda, no Teu reino" (Mateus 20:20,21 - ARA*)

A mãe de Tiago e de João não foi uma mãe diferente das mães de hoje. Para ela seus filhos eram os melhores do mundo, eram os mais fiéis e os mais amorosos com Jesus, enfim os melhores discípulos!

E com todas estas boas características não foi difícil fazer o pedido que guardava em seu coração para Jesus.

O que representa esta atitude aos olhos talvez de outras mães que estavam também ali com seus filhos e discípulos de Jesus?

Uma atitude de uma mulher arrogante ou de uma mulher que amava tantos os filhos e conhecia seus corações e que não tinha problema em manifestar o seu pedido?

Veja só talvez as mulheres ao redor poderiam pensar ....

- Mas quem é esta arrogante? Como se atreve a fazer esta proposta?

A mulher de Zebedeu não se importou com o que os outros pensariam, ela sabia que os seus filhos amavam muito ao Senhor e queria que estivessem no melhor lugar quando o Reino do Senhor fosse estabelecido.

Podemos entender a atitude desta mulher, mas como mulheres de Deus devemos sempre querer o melhor, porém sem passar por cima de outros.

Se desejo o melhor para o meu filho então tenho que usar um meio seguro para conseguir este objetivo, o principal deles é a oração, a intercessão pela vida deles.

Quando levamos o coração ao Senhor em favor deles é o que precisamos para que estejam sempre diante do propósito do Senhor.

Vamos então orar por nossos filhos:

Ore: "Senhor Jesus coloco diante de Ti a vida do(s) meu(s) filho(s) peço que os livre das más influências deste mundo, que os guie e os ensine a cumprir o propósito para o qual o Senhor os criou. Tenham um coração cheio de entendimento para poderem discernir entre o bem e o mal. No Nome de Jesus oro".

Texto: Mônica Vicente

* Almeida Revista e Atualizada