"De manhã ouves, Senhor, o meu clamor; de manhã te apresento a minha oração e aguardo com esperança." (Salmo 5.3)

Um novo amanhecer pode ser para nós um tormento, uma alegria, um desespero ou angustiante, o fato é que o sol sempre se porá no dia seguinte, e os nossos problemas ou alegrias podem ser que estejam com este novo dia ou não.

Independente do que acontecerá na manhã seguinte, o salmista nos aconselha que o nosso clamor e a nossa oração devem existir, ou seja aquilo que nos causa medo, terror, ou alegria e satisfação devem sair de nossos lábios e serem entregues aos ouvidos do nosso Pai.

No entanto, não deve parar por aí, após a nossa oração a nossa atitude é aguardar com esperança no Senhor aquilo que apresentamos diante Dele. Isso não é fácil de ser feito, pois seremos provados, e precisamos nos manter firmes na fé e na esperança de que o Senhor está cuidando de nós!

"Pai ajuda-nos a cada novo amanhecer apresentar a nossa oração e o nosso clamor a Ti, e aguardar com esperança pelos Teus planos e propósitos em nossa vida, em Nome de Jesus te pedimos, Amém!"

Texto: Vivian Cristina Thomazinho Vicente.