“Porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos” (Isaías 55.9).

O Dia passa e repassa e o que permanece na alma humana é um desejo continuo e frenético por algo que lhe complete, alguma coisa que realmente possa responder aos seus desejos e suas necessidades.

Mas nossos passos persistem em correr e correr, procurar e procurar, mas nada encontra, a não ser um mundo acinzentando e incompleto, pedaços e fagulhas de um dia.

Isso ocorre porque procuramos em nossa capacidade humana completar algo que só pode ser preenchido por Deus. O consumo, relacionamentos, emprego, status, são pedaços partilhados do dia,  que não conseguem ressoar o todo.

Contudo Em Deus podemos construir caminhos muito mais altos e completos, como ecoa a passagem Bíblica. Pois somente Deus consegue tecer todas as tramas do dia e juntar cada pedaço de talento, de amor, de capacidade, de faltas, de fraquezas em um todo continuo e completo.

Mas, como isso ocorre?

Quando entregamos o nosso caminho, a nossa vida a Ele, então perdemos nossa vida para realmente ganhar o mais perfeito dia, que não se acaba no horizonte, e sim persiste a se repetir em cada instante.

Pois sabemos que Ele é suficiente para nos suprir em todo tempo e espaço.

Ore: “Senhor, eu te peço que me faça ver o que realmente é importante e me ajude a confiar não por partes, mas em todas as circunstâncias da minha vida em Ti, em nome de Jesus, amém”.

Texto: Lucas Guimarães Vicente.