Apresentaremos três práticas e/ou metodologias que podem contribuir para a prática do aconselhamento pastoral na igreja e em práticas de capelania, no que diz respeito ao comportamento humano sobre a ansiedade; os bons desempenhos para a cura da alma por uma leitura bíblica diária e no amparo diante do tema da morte nos hospitais junto aos capelães.

Marco Lécio M. Marinho fez uma análise a partir de um material bibliográfico rico no conteúdo das áreas de psicologia, aconselhamento, filosofia e teologia, para tentar compreender como essa ansiedade pode aplacar o comportamento do ser humano em todo o seu espectro. A dissertação traz uma contribuição significativa, que podemos discorrer com o que Brakemeier evocou sobre o aspecto dos complexos de culpa, que podem ser um resultante de conflitos produzidos pela ansiedade, Marinho apresenta:

[...] à viabilidade de se conquistar relacionamentos mais saudáveis; o desenvolvimento da idéia de ação consciente, atitude menos influenciada pela ansiedade; e o realce da importância de uma prática pastoral fundamentada na fé como esperança minimizadora da ansiedade. Sua utilidade aponta para a esperança em relacionamentos interpessoais harmoniosos, não utópicos, mas produtos de conhecimento, discernimento e compreensão da realidade intra e interpessoal do indivíduo. (MARINHO, 2008, p. 5)

Por meio de vários autores, como Kant, Piaget, Kohlberg, Vygotsky e Erickson, Marinho pode vislumbrar a imagem de que o realce de uma prática pastoral que tem como fundamento a fé na esperança, pode minimizar essa ansiedade gerada pelos fracassos interpessoais, na coação de autoridades, na relação de punição e recompensa, na influência interpessoal dentro da formação do significado social do indivíduo, como também na forte influência da educação que a criança recebe como padrões para responder aos conflitos sociais.

Continuação desta mensagem dia 07/11/2017. 

Texto: Vivian Cristina Thomazinho Vicente.

Referência Bibliográfica: MARINHO, Marco Lécio M. A superação de conflitos produzidos pela ansiedade: uma contribuição a práxis pastoral, a partir da teoria da interpessoal. (Dissertação de Mestrado). Universidade Metodista de São Paulo. São Bernardo do Campo, 2008.