“Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças. Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar”. (Deuteronômio 6:5-7 - NVI*)

Respeito na hora da Bronca, Perder Respeito nem de brincadeira!

Em alguns momentos as crianças podem passar do ponto, uma falta de respeito na fala, um absurdo! É muito importante que os pais corrijam as crianças com respeito, com firmeza, com voz forte, mas não bater, não gritar, não por de castigo, não pegar pelo braço...!

Brincadeiras que tenham falta de respeito não podem estar presentes, pois na hora da conversa, bronca, todas essas brincadeiras podem aparecer!

Exemplos: Você é chato, burro, brincadeira de luta (pais e filhos) ...

A criança pensa eu ganho a liberdade e depois tenho que voltar atrás, somos mães e pais e amigos, mas não amigão ou amigona...! Momento nenhum é momento de se admitir uma falta de respeito, ela entra devagar.

O encontro dos pais com seus filhos, são encontros de seres humanos, e podem haver frustrações das duas partes, por isso é necessário um momento de atenção, ouvir o seu filho, as necessidades dele e não somente mandar. Assim, nasce o Respeito!

ORE: "Pai nos ensine e nos ajude a sermos bons pais".

Retirado do vídeo: Respeito na hora da bronca (Psicóloga Daniella Faria)

Texto: Vivian Cristina Thomazinho Vicente.

*Tradução: Nova Versão Internacional.