"As preocupações roubam a felicidade da gente, mas as palavras amáveis nos alegram." (Provérbios 12:25

A boca pode muito mais do que engolir alimentos. Ela também pode alegrar um coração, pesaroso. A palavra de Deus ensina que da nossa boca tem que sair palavras de graça e edificação aqueles que nos ouvem. Como está sua boca?

Você conhece pessoas com o coração turbado, coração pesado? Mas você também conhece quais as palavras boas que este coração necessita?

A questão é você usa de palavras boas para confortar e encorajar vidas?

Vivemos numa sociedade egoísta muito preocupada com suas próprias vidas para prestar atenção ao outro ou aos seus problemas. O mais próximo muitas vezes são os nossos com que convivemos diariamente.

O livro de Jó descreve três amigos que não tendo uma única palavra boa de conforto e edificação, acabaram se unindo para acusá-lo de hipocrisia e pecados ocultos.

Qual foi a última vez que você elogiou alguém direta ou indiretamente? Quantas vezes você faz isto num dia?

Vida e morte estão no poder da língua. 

Sua palavra pode levantar o coração do cansado quando ele necessitar disso.

“O Soberano Senhor deu-me uma língua instruída, para conhecer a palavra que sustém o exausto. Ele me acorda manhã após manhã, desperta meu ouvido para escutar como alguém que é ensinado." (Isaías 50:4)
Amém queridos? 

Texto: Mônica Guimarães Vicente.