"Ao se aproximar da porta da cidade, estava saindo o enterro do filho único de uma viúva; e uma grande multidão da cidade estava com ela. Ao vê-la, o Senhor se compadeceu dela e disse: "Não chore"." (Lucas 7:12,13)

As Escrituras relatam a maior dor que uma mãe pode passar a perda de seu filho. Filhos, herança do Senhor para nossas vidas!

Quando pequenos são mais fáceis de cuidar, porém eles crescem quando esta fase acontece nossas preocupações aumentam, pois o mundo é mau e vai oferecer de tudo para que eles errem o caminho.

A adolescência chega, começam a fazer escolhas próprias, começam a experimentar a independência, pensam que sabem das coisas, isto porque o “mundo”, a sociedade contemporânea que vivemos vende a ideia que ser jovem é experimentar coisas novas.

A Bíblia não relata qual foi a causa da morte deste jovem. Mas havia no cortejo de seu sepultamento uma grande multidão. Jesus chega neste exato momento de perda, aflição, desespero porque Ele se compadece das nossas aflições e imediatamente diz:

Não chores!

Talvez você se encontre como esta mãe aflita, no meio de uma multidão, desesperada com as escolhas erradas de seu filho na droga, na violência, nos caminhos deste mundo tenebroso.

“Depois, aproximou-se e tocou no caixão, e os que o carregavam pararam. Jesus disse: "Jovem, eu lhe digo, levante-se! "”Lucas 7:14

O Senhor deseja levantar seu filho do caminho da morte para o caminho da vida!

"Deus Todo Poderoso neste momento venho a Ti rogando por cada jovem que se encontra perdido no caminho do mundo. Crendo que Jesus veio para buscar e salvar o perdido. E que Tu desejas que todos sejam salvos; que cheguem ao conhecimento da verdade e que nenhum se perca. Trago então diante de ti cada pedido de oração em favor de seus filhos. Cremos que eles não resistirão ao poder de convicção do Espírito Santo, mas que Jesus os trará ao arrependimento pela Tua Graça e Amor. Oro no nome de Jesus."

Texto: Mônica Guimarães Vicente.