"Porque há esperança para a árvore, pois, mesmo cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus rebentos. Se envelhecer na terra a sua raiz, e no chão morrer o seu tronco, ao cheiro das águas brotará e dará ramos como a planta nova." (Jó 14.7-9)

Há um dito popular que diz: A esperança é a última que morre”. Mentira de satanás!

A Palavra de Deus diz que a esperança não morre permanece para sempre! (1 Coríntios 13.3).

Muitas vezes passamos por situações para as quais aos olhos humanos parece não haver mais esperança. Nestas horas a angústia, o desespero, as circunstâncias se tornam verdadeiros gigantes querendo nos devorar.

Foi assim com Jairo quando recebeu a notícia que sua única filha havia morrido e já não valia a pena incomodar Jesus:

“... A tua filha já morreu; porque ainda incomodas o mestre?" (Marcos 5.35b)

Foi assim também com Marta, quando seu irmão Lázaro adoeceu e morreu quatro dias antes de Jesus chegar.

“Chegando, pois, Jesus, encontrou-o já com quatro dias de sepultura. João 11.17

Foi assim com Jó que perdeu família, bens, saúde, reputação numa sucessão de perdas. Jó 1.

Talvez você esteja passando por situações semelhantes a estas. Talvez seu filho(a) esteja morto nas drogas, na prostituição. Talvez seu marido esteja morto para seu casamento ou talvez você esteja passando por uma enfermidade grave ou por dificuldades financeiras.

Mas em todas estas situações Deus está no controle. Jesus Cristo é a esperança da glória. Nele que devemos colocar nossa esperança, a fé!

Marta, Jairo e Jó decidiram crer no Senhor e crer que apesar das circunstâncias; há esperança!

“Porque há esperança para a árvore, pois, mesmo cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus rebentos.”

Há esperança para você!

"Jesus disse a Jairo: Não temas, crê somente. Jesus ordenou e sua filha se levantou. E a menina saltou e começou a andar." (Marcos 5.41-42)

"Jesus disse a Marta: Não te disse se creres, verás a Glória de Deus. E tendo dito disse: Lázaro, vem para fora. Saiu, pois, aquele que estava morto!" (João 11.40,43,44)

Jó conclui que tudo o que lhe havia acontecido em sua vida contribuiu para que ele tivesse uma maior intimidade com Deus:

“Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te veem." (Jó 42.5)

O Senhor da mesma forma nos convida a declarar que apesar das adversidades que estamos passando. Estas não são para morte, mas para a Glória de Deus!

Há Esperança Para Você!

"Pai Amado colocamos agora diante de ti cada pedido de oração. Declarando a Tua Palavra de Poder: Que tudo o que estiver morto dentro do interior de cada vida, cada família saia agora pela autoridade do nome de Jesus. Nós Cremos que veremos a Tua Glória em toda nossa casa. Oramos no nome de Jesus."

Texto: Mônica Guimarães Vicente.