"Coloca, Senhor, uma guarda à minha boca; vigia a porta de meus lábios." (Salmos 141:3)

Nós, mulheres fomos criadas por Deus com o propósito de edificar nosso lar! (Provérbios 14.1). 

Mas com frequência precisamos de ajuda para controlar o que sai da nossa boca diariamente. Por vezes falamos demais, ou falamos o que não devíamos, reclamamos, somos ríspidas.

Precisamos decidir manter nossas bocas longe de proferir palavras más ou negativas.

“Decidi que a minha boca não pecará”. (Salmos 17:3)

Se você está tendo dificuldade com a sua maneira de falar. Ore a Palavra. A disciplina é uma escolha. Não é fácil, manter a boca fechada em determinadas situações.

Seja sincera em seu desejo de vencer esta área da sua vida, a medida que você buscar ajuda de Deus em sua Palavra, você irá perceber a mudança. Não é “mágica” é esforço, disciplina, vontade, decisão!

"Senhor peço que Tu me ajudes a não pecar com a língua. Que as palavras da minha boca sejam aceitáveis aos Teus olhos. Senhor rocha minha e meu resgatador."(parafraseado salmo 19:14)

Texto: Mônica Guimarães Vicente.