Back to Top

Novo Logo Mensagem Diaria

Estudo Das Mulheres - Testemunhe Jesus!*

Publicado: Quinta, 15 Fevereiro 2018 06:53

"E muitos samaritanos daquela cidade creram nele, por causa da palavra da mulher, que testificava: Ele me disse tudo quanto tenho feito." (João 4:39) 

O relato do encontro entre Jesus e a Mulher samaritana encontra-se em João 4.1-42.  

Jesus se encontra com uma mulher que tinha má reputação em decorrência de sua vida promíscua, entretanto ao confessar livremente o seu pecado, teve o privilégio de escutar dos lábios de Jesus a afirmação que Ele era o Messias que havia de vir. 

O passado daquela mulher foi perdoado e sua vida mudou completamente. 

"Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede, nem venha aqui tirá-la. Disse-lhe Jesus: Vai, chama o teu marido e vem cá. Respondeu a mulher: Não tenho marido. Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido; porque cinco maridos tiveste, e o que agora tens não é teu marido; isso disseste com verdade." (João 4:15-18) 

Quando ela regressou ao seu povo foi contar o que Jesus havia feito em sua vida e muitos creram nele em virtude do testemunho daquela mulher! 

Você mulher já compartilhou com outra pessoa o que Jesus fez em tua vida?  
A história desta mulher relata o quanto que Jesus se preocupa com cada uma de nós. Ele se preocupa com você! 
Jesus pode curar suas feridas mais profundas, acalmar seus piores medos e compreender seus pensamentos mais íntimos.  
A mulher samaritana arrependeu-se de seus pecados, creu em Jesus e disse aos outros o que havia visto, ouvido e feito. 
Jesus deseja que façamos o mesmo nos dias de hoje.  
Pense com quem você vai dividir o que Jesus está te oferecendo hoje: Perdão, amor e restauração. Testemunhe já!  
"Senhor Jesus eu desejo beber da água viva que flui do teu amor, perdão e restauração. Perdoa meus pecados e flui dentro do meu coração para que eu possa testemunhar quão Grandes és Tu. Oro no nome de Jesus." 

Texto: Mônica Guimarães Vicente.

*Esta mensagem já foi postada em outro momento, estamos recordando-a.

Estudo Das Mulheres - Blues Puerperal X Depressão Pós-Parto

Publicado: Quinta, 08 Fevereiro 2018 03:00

"Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos." (Salmos 139:1,2)

Deus conhece todos nossos motivos, desejos e sentimentos. Seu objetivo ao nos conhecer tão profundamente não é o de julgar, nem condenar, mas de ajudar e proteger. 

Decidi escrever a respeito do blues puerperal pela falta de esclarecimento que acomete 80% das mulheres que acabaram de dar à luz. Muitos destes sintomas podem ser confundidos com a depressão pós-parto. É importante você que acabou de ser mãe entender que é perfeitamente normal sentir certos sintomas na chegada de seu bebê. 

O blues puerperal também pode ser chamado de “tristeza materna” é um fenômeno que atingem 80% das mulheres e seus sintomas se assemelham a depressão: enjoo, dor cabeça, ansiedade, sensação que não conseguirão dar conta do bebê, crises inexplicáveis de choro; isso costuma ocorrer entre os dez primeiros dias após o parto e tende a desaparecer após alguns dias. Este fenômeno ocorre devido a alterações hormonais que acontecem após o parto, para que haja a produção de leite, é uma adaptação do organismo para esta condição de não estar mais grávida. 

Os especialistas afirmam que se depois de 30 dias após o parto o blues puerperal não diminuir, pode-se então pensar numa depressão pós-parto. 

Mamães não fiquem preocupadas, cheias de dúvidas, confusas; pensando que não sabem como cuidar de seu filho, não se culpe! A blues puerperal não é uma doença e vai passar. 

Deus conhece seu interior! Mesmo que momentaneamente você se sinta na escuridão, o Senhor transforma as trevas em luz para te encontrar. O Senhor prometeu estar sempre ao lado de quem ama ajudando em todos os momentos da vida. 

"Deixo a paz a vocês; a minha paz dou a vocês. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo." (João 14:27)

"Pai Amado coloco diante de ti todas as mamães que acabaram de receber a Sua maior herança os filhos. Peço que estendas Tua mão Poderosa sobre cada uma delas renovando suas forças com a Tua paz interior. Oro no nome de Jesus."

Texto: Mônica Guimarães Vicente.

Estudo Das Mulheres - Série: Casamento Obra De Deus! Parte VII

Publicado: Quinta, 25 Janeiro 2018 03:00

COMO FUGIR DO ADULTÉRIO ? 

"Mas o homem que comete adultério não tem juízo; todo aquele que assim procede a si mesmo se destrói. Sofrerá ferimentos e vergonha, e a sua humilhação jamais se apagará" (Provérbios 6:32,33) 

Triste e alarmante é a rapidez com que o adultério tem crescido no seio das famílias brasileiras, especialmente, as cristãs. 

O que é adultério? A Bíblia define o adultério como relação sexual de uma pessoa casada com a outra, fora do casamento. 

A Bíblia adverte que o nosso adversário: “o diabo, anda em derredor, rugindo como leão, buscando a quem possa tragar” (1 Pedro 5.8) “e que o mundo jaz no maligno” (1João 5.19). 

Basta apenas uma pequena e imperceptível entrada, e, o leão proporciona uma imensa destruição na vida do homem e da mulher. O adultério é fruto do espaço que o homem ou a mulher cede para que satanás entre para destruir. 

Como todo pecado ele irá produzir um falso prazer e uma alegria efêmera. Como um fermento ele vai crescendo tomando grandes proporções. A natureza humana por si só já é pecaminosa (Romanos 7.5) quando éramos dominados por esta natureza, as paixões pelo pecado agiam livremente em nosso corpo. 

Onde o adultério começa? Começa pela cobiça, com olhar o outro e desejar. As pessoas dizem: “Olhar não arranca pedaço”. Mas o olhar cede espaço para o desejo, o desejo cede espaço para a imaginação, que cede espaço para tentação e esta para o fato consumado! 

Jesus disse que aquele que cobiçar, Já pecou! 

“Mas eu lhes digo: qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração.“ (Mateus 5:28

A cobiça vai além do querer, é não conseguir tirar os olhos e o pensamento do alvo do sentimento; este sentimento leva ao adultério. Como fugir desta tentação? 

Não se amoldem ao padrão deste mundo... a Bíblia adverte...“Porque tudo que há no mundo a concuspiência da carne, a concuspiência dos olhos e a soberba da vida não procede do pai mas do mundo.” (1 João 2.16) 

Pai santifica-nos na verdade, a Tua palavra é a verdade. Que a nossa posteridade seja conhecida entre as nações como família bendita do Senhor. Oro no nome de Jesus. (Parafraseado João 17.17, Isaías 61.9)

Texto: Mônica Guimarães Vicente.

Estudo Das Mulheres - Série: Casamento Obra De Deus! Parte Final

Publicado: Quinta, 01 Fevereiro 2018 07:04

UMA HISTÓRIA DE AMOR PARA SEMPRE! 

"As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam." (Cânticos 8:7 - ARC*) 

Na cidade de Ur morava um homem diferente dos demais habitantes que cultuavam deuses pagãos, este homem era Abraão. Sua história começa com uma ordem e promessa dada por Deus. (Genesis 12.1,2) Abraão, obedeceu e partiu com sua esposa Sara para uma terra que iria receber por herança, porém sem saber aonde era o lugar. 

A Bíblia descreve Sara como mulher bonita, porém estéril; esta esterilidade gerou muitos problemas de humilhação em sua vida, e até mesmo discussões com seu marido. Mas o que a tornou especial foi a devoção única ao seu marido Abraão, Sara o amava, o respeitava de todo coração. 

Sara permaneceu ao seu lado nas boas escolhas, mas também nas decisões erradas. Sara dividiu com Abraão seus sonhos, desafios, seu sofrimento por não ser mãe. Abraão também errou com Sara, porém o amor que os unia era mais forte do que as adversidades. 

Ao se unirem em matrimônio prometeram um ao outro “ser fiel na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença; amando e se respeitando todos os dias de suas vidas”. 

Sara é um exemplo de mulher que amou incondicionalmente o marido. Confiou em suas decisões, cooperando e apoiando com boa vontade. Sara também teve momentos de crise, de ceticismo, de inveja, mas o amor de Deus a fez “mãe de muitas nações” (Genesis 17.16). 

Deus cumpriu a promessa, ela concebeu Isaque com 90 anos (Genesis 17.17). Sara é a única esposa mencionada nos heróis da Fé (Hebreus 11.11). Uma das características que Sara ensina com seu exemplo é da mulher que vive de acordo com a vontade de Deus. 

Abraão chorou profundamente sua morte, Sara morreu com 127 anos. Eles viveram realmente uma história de amor, cercada por desafios e conquistas. Abraão morreu em ditosa velhice, cento e setenta anos, foi sepultado ao lado de Sara. (Genesis 25.10). 

Muitas águas envolveram a vida deste casal, porém os rios não conseguiram afogar, o amor pois era PARA SEMPRE! (Assista o vídeo) 

Mulher tome uma atitude! Renove seus votos nupciais, não importa sua idade; Sara recebeu a promessa com 90 anos! Nunca é tarde para mudanças. 

Declare ao seu marido o amor que os uniu, através de palavras de atitudes. Faça a diferença! 

"Querido Pai, abençoe cada mulher que lê esta mensagem, para que viva de acordo com a Sua vontade, e assim possa desfrutar da verdadeira história de amor para sempre. Oro no nome de Jesus."

Texto: Mônica Guimarães Vicente.

*Almeida Revista e Corrigida.

Pagina 1 de 31

sombra1

Copyright © 2011-2015 - Mensagem Diária logosg