Back to Top

Novo Logo Mensagem Diaria

Páscoa* (Dia 1)

“E, tomando um pão, tendo dado graças, o partiu e lhes deu, dizendo: Isto é o meu corpo oferecido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este é o cálice da nova aliança no meu sangue derramado em favor de vós.” (Lucas 22.19–20, ARA).

Pense rápido, se dissermos ‘Páscoa’ o que vem a sua mente? Coelho, ovo de chocolate, peixe, bacalhau, feriado, descanso... Atualmente, talvez a última coisa que viria a sua cabeça é Jesus Cristo, quando falamos de Páscoa.

Mas Jesus nasceu, viveu e morreu por um propósito. Seu nome indicado antes de seu nascimento ao seus pais, José e Maria, já indicavam isso. Jesus tinha o propósito de morrer na cruz pelos nossos pecados. Cristo não morreu na cruz porque Judas o traiu, porque os judeus o entregaram a Pilatos, e Pilatos o condenou a morte de cruz, mas porque era a vontade de Deus.

Toda a humanidade é pecadora, nem menos ou mais, todos pecaram. E por isto, alguém justo, imaculado, que nunca tivesse pecado, precisaria pagar o preço do perdão por nós. E por isto Jesus morreu, na cruz para nos salvar.

Todo este sofrimento, cinematográfico combinado com a música da mensagem não são suficientes para demonstrar a dor, sofrimento e o pesar que Jesus sofreu na cruz por nós. Não deixe que este sacrifício Pascoal seja em vão na sua vida. Imagine que você tivesse uma dívida impagável para com um banco. E alguém muito rico, dissesse para você que pagaria esta dívida para você, com a condição de você ir até o banco e assinar a aceitação deste pagamento. Mas que para você ter esta dívida paga você teria que ir até o banco e assinar? Fazendo a sua parte.

Por isso você precisa fazer uma nova aliança, um pacto com Deus através do Seu Filho Jesus Cristo para que todos os seus erros e pecados sejam perdoados, pois a Páscoa é a libertação do pecado e a ressurreição para uma nova vida em Cristo.

Oração: “Senhor, Deus, Pai, em nome de Jesus, eu oro crendo que Cristo morreu na cruz para me salvar, e aceito este sacrifício na minha vida. Por isso peço perdão por todos os meus pecados, e te peço para me ajudar a viver uma vida nova, como o filho de Deus fazendo a Sua vontade e trazendo o Seu Reino. Amém”.

Texto: Thiago Vicente.

*Mensagem repostada.

Estudo Das Mulheres - Agora Uma Só Carne!

"Mas no princípio da criação Deus ‘os fez homem e mulher’. ‘Por esta razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne’. Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne." (Marcos 10:6-8)

O homem e a mulher unidos na consumação do casamento, se tornam uma só carne. Estão unidos fisicamente e espiritualmente.

Portanto, já não são duas pessoas independentes, são uma família!

Uma só carne! Significa que assim como nosso corpo não pode ser dividido em pedaços e ainda ser inteiro, assim também Deus estabeleceu este princípio, agora não mais duas pessoas e sim um casal.

Deus criou o casamento para que o casal permaneça junto até que a morte os separe. O casamento é semelhante a construção de uma casa. Ao colocarmos os tijolos a argamassa que os une é o cimento do amor, da renúncia, da cumplicidade, da amizade, do perdão.

Traga a sua memória o que te dá esperança!

Lembre-se de quando vocês se conheceram, das qualidades que viram um no outro, dos dons, dos sonhos, carinhos e esperança de um futuro de amor, amizade e cumplicidade. Da relação baseada no respeito, do passo a passo da construção de uma família maravilhosa. Dos momentos alegres e felizes que viveram a cada dia. Da época que não brigavam, nem discutiam e não se ofendiam mutuamente.

Uma só carne! Vamos orar?

"Pai Amado, ajuda-me, a superar as dificuldades da convivência diária e a lembrar dos votos nupciais que fizemos, até que a morte nos separe. Jesus tire da minha alma lembranças dolorosas. Expulse todo mal, todo desentendimento e qualquer força maligna que entrou para destruir nosso casamento. Obrigado Senhor por colocar dentro do meu coração o amor que só sabe amar. Oro no nome de Jesus."

Texto: Mônica Guimarães Vicente.

Túnel Do Tempo - O Reino De Deus É...

“... não vem o Reino de Deus com visível aparência. Nem haverá anúncios “Ei-lo aqui!”Ou “La está”! Pois o Reino de Deus está entre vós”. (Lucas 17.20-21).

O Reino de Deus no século I para um judeu seria agência do governo de Deus, por meio do Estado de Israel, a nação escolhida por Deus.

Contudo em Cristo este conceito retoma o seu ideal original, pois como é apresentado na passagem Bíblica, o Reino não esta ali no Estado, ou aqui neste homem, mas o Reino está dentro de nós.

O significado disso é que o Reino de Deus começa em nós, quando cremos em Cristo, ou seja, o Reino agora é construído pelos nossos valores. Já que a mensagem do Reino de Cristo, se propõe trazer o sentido original das leis, dos valores e dos caminhos, as quais foram distorcidos pelo mundo. Mas agora Cristo vem estabelecer novamente em nós.

Então o Reino de Deus seria:

  1. Aquilo que damos valor, ou seja, cremos e vivemos acima de qualquer coisa. (Mateus 6.33; 13.45-46).
  2. Aquilo que praticamos e vivemos. Não é uma filosofia, e sim uma prática, por isso no juízo final o Senhor separará os bons dos maus, ou seja, daqueles que praticaram o bem do Senhor, e daqueles que não praticaram. (Mateus 13. 36-43;47-50).
  3. Aquilo que tem permanecido em nosso coração, e sabemos retirar para darmos frutos. (Mateus 13.51-52;Lucas 8.15).
  4. Aquele que persevera na unção de Deus, não se abalando com o mundo, mas se renovando na unção do Espirito, da Palavra e no Louvor, todos os dias, como uma noiva sábia. (Mateus 24.42; 25.13).
  5. Aquele que utiliza de seus talentos para glorificar a Deus em todos os espaços da vida, ou seja, pratica sua vocação na igreja em seu ministério; sua função em sua casa, seja filho, pai, esposa; faz seu trabalho com amor, assim sua obra á admirado por muitos, refletindo a glória de Deus. (Mateus 25.20-30).
  6. Aquele que não vive sua vida para si mesmo, mas que cuida das vidas, ouvindo, ensinando, visitando, dando de comer e beber. Praticando do amor. (Mateus 25.31-48).

Portanto esforçamos diligentemente para praticar os valores do Reino, assim trazemos o Reino de Deus na Terra, como orou Jesus.

Ore: “Senhor ajuda-me a viver seus valores do Reino, para que assim eu seja um instrumento que traz seu Reino nesta Terra, em nome de Jesus, Amém”.

Texto: Lucas Vicente.

A Vida Diária nos Tempos de Jesus

Jesus viveu a maior parte de sua vida em Nazaré, já que tinha voltado do Egito por volta de 6 a 9 anos. Já que não sabemos ao certo qual foi a data da Morte de Herodes o Grande, se foi no ano 1 d.C. ou no ano 4 d.C. Sendo assim Jesus viveu cerca de 24 a 21 anos na cidade de Nazaré na Galileia. A região da galileia segundo o Arqueólogo Horsely havia em torno de mais ou menos 200 aldeias de em média 300 habitantes, diferindo dos escritos de Josefo que demonstrava que havia 238 cidades. Nesta região haviam duas grandes cidade Tiberíades e Séforis, a primeira construída por Antipas e a segunda reconstruída com toda glória que uma cidade romana poderia ter. E mais três ou quatro pequenas cidades, como Cafarnaum.

Leia mais aqui

Estudo das Mulheres da Bíblia

Vamos comparar em um relacionamento marido e mulher. Quanto mais o casal se conhece, mais vai tendo intimidade, sabe como agradar ao parceiro. E na vida com Deus como funciona? Digamos que da mesma forma. Quanto mais nos esforçamos para conhecê-lo mais intimidade com Deus teremos e saberemos qual a sua vontade, o que lhe agrada e o que lhe entristece.

Porém precisamos nos esforçar para conhecer a Deus para avançarmos em nosso relacionamento com ele. Muitas vezes reclamos que não ouvimos a sua voz mas nem sequer paramos para conversar com Deus, ou ás vezes só falamos e falamos e não paramos para ouvir o que ele tem a dizer.

Leia mais aqui

 
 

sombra1

Copyright © 2011-2019 - Mensagem Diária logosg