Back to Top

Novo Logo Mensagem Diaria

TÚNEL DO TEMPO - Nos Desperta!!

“Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a sua fidelidade!”. (Lamentações 3.22-23 – NVI*)

Todos nós temos afazeres diários, seja ir ao trabalho, a escola, cuidar dos filhos. Enfim para que possamos cumprir com estes compromissos que nos aguardam todos os dias, a maioria de nós utilizamos de uma ferramenta que considero muito útil e até incrível nas minhas manhãs, que é o nosso bom amigo “Despertador”.

Aquele, que nos acorda com um barulho estarrecedor e mesmo assim nos dias mais sonolentos não é capaz de nos despertar por completo.

E muitos de nós acreditamos que somos despertados por esta ferramentinha, ou pela nossa própria capacidade. Contudo, é a misericórdia do Senhor que nos desperta todas as manhãs. E ela nos observa adormecer, observa os nossos sonhos, e no clarear do dia nos desperta. Com um som suave, que é o som da vida, o som de mais um dia se iniciando. E nos dizendo que ganhamos o privilégio de viver mais um dia.

Pois, todos os dias o Senhor nos supri e nos acompanha de perto, por sua misericórdia.

Então queridos, lembre-se como Deus nos diz em sua palavra, a misericórdia Dele é a causa de não sermos consumidos, e sim sermos renovados a cada manhã. É Deus que nos dá uma nova oportunidade todos os dias de viver, não porque somos merecedores mas porque a misericórdia Dele é sem fim.

Por isso, amanhã quando o seu despertador tocar, lembre-se que você só está o ouvindo tocar, pois, antes a misericórdia do Senhor te renovou. Então seja grato por mais esta chance.
Deus abençoe o seu dia.

Texto: Ana Flávia Thomazinho

* Tradução: Nova Versão Internacional.

Teologia: Bíblia e Cotidiano (Parte IV)

Estas leituras não estão incorretas, pois fazem parte da história da igreja, cada uma com a sua experiência e característica, cabe ao pastor argumentar e trazer para a comunidade de fé, um ponto de equilíbrio, invocando e inspirando os seus fiéis à leitura da Bíblia, para isso é necessário que o pastor leia a Bíblia passando pelo filtro da comunidade em que está inserido.

É neste panorama de leituras da Bíblia que estamos experimentando uma avalanche de misticismos, a mídia tem revelado o despreparo de pastores e pastoras em suas pregações nas comunidades. Vejamos o que Ramos nos revela:

É notório o despreparo teológico dos religiosos que estão em destaque na mídia. Na área de Bíblia, percebe-se o quão superficial é o conhecimento demonstrado. O procedimento exegético é tão raro que os poucos casos que eventualmente apareçam são a exceção que confirma a regra. Em temos de teologia, cristologia e pneumatologia dos tele-religiosos, a única coisa que é sistemática é o desprezo pelos teólogos e por suas elaborações teológicas. São raríssimas as alusões aos grandes teólogos, sejam os da atualidade, sejam os da história da Igreja. Quando algum deles é mencionado, é para depreciá-lo, e desautorizá-lo com pilhérias e gracejos humilhantes. (RAMOS, 2010, p.185) 

Como anda a sua leitura da Bíblia?

"Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos".(Tiago1.22 - NVI*)

Oremos: "Pai como é necessário e importante conhecer a Tua palavra, me ajude a meditar e refletir mediante a Bíblia, me dê sabedoria e revelação, para conhecer e praticar os seus princípios e mandamentos, no Nome de Jesus eu te peço, Amém!"

Texto: Vivian Cristina Thomazinho Vicente.

*Tradução: Nova Versão Internacional.

Referências Bibliográficas:

RAMOS, Luiz Carlos. Culto e entretenimento na sociedade do espetáculo. In: Revista Caminhando v. 15, n. 2, p. 180-188, jul. /dez. 2010.

Viver Bem

“Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor. Estas coisas vos tenho dito, para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo. (João 15. 10 – 11 – ARA*)

Nesta realidade em que vivemos, a vida é descrita porquanto nós devemos ter, por quanto podemos provar e vivenciar.

Viver se tornou uma medida para ter e vivenciar, quanto mais você tem, mas você viveria, quanto mais você vivencia os prazeres do dia, mas você viveria.

Contudo, se estamos vivendo por esta direção induzidos pelas ondas da modernidade, chegou a hora de despertarmos. E acordamos deste pesadelo do novo, paramos com marcha interminável, do qual o consumo, possibilita a felicidade e o “paraíso na terra”.

E assim lembramos, por que vivemos? Para ter uma vida boa? Porém o que é viver bem?

Segundo Cristo, na passagem acima, ter uma vida completa, e viver para o Pai, perder sua vida para ganhá-la.

No entanto o que isso significa?

Que não basta você viver para si, todavia, sua vida tem sentido, seja como pai, professor, amigo, colega, irmão parente.

Sua vida deve ser direcionada para retratar em cada pequeno gesto, atitude, fala, luz do Reino, pois é ela que pode iluminar sua vida e de outros. Pois o Reino de Deus, é visto primeiro nosso coração, depois no nosso meio, diante de nossas ações. (Mt. 5.15-16; Lc. 17.21)

Seja profissional, que não está apenas cumprindo seu trabalho, e sim ouvindo aquele que precisa ser ouvido, ou fazendo seu compromisso com todo ser, mostrando uma melodia de vida diferente.

Como por exemplo Nelson Mandela, primeiro presidente após política do Apartheid na África do Sul, seu papel era governar uma nação, reconstruí-la.Contudo fez mais do que isso, inspirou uma nação, a se perdoar, se aceitar, não lutar entre si. Um homem de diversos defeitos, conseguiu ir além de sua obrigação e mudar a sua realidade.

Este conseguiu viver por completo sua vida, pois cumpriu o seu chamado. Assim, devemos ser, viver para transpor o reino, em nossas atitudes, para então mudarmos nossa realidade.

Desta forma, paramos vivermos para nós, desta forma alcançamos a verdadeira riqueza e o verdadeiro tesouro, que não encontrado nas prateleiras de supermercado ou na galeria de shopping. (Lc. 12.33–34). Deste tipo, de coisa devemos ansiar, e não mais pela intermináveis novidades do consumo.

Ore: ’Senhor nos ajude acordar todos os dias desta realidade consumista e egoísta, nos ajuda lembramos por que vivemos, nos ajuda lembrar qual nosso propósito. Para assim, nossa vida possa ter um significado, para além dos números, mas se encontre cada vida ao nosso redor, pedimos em nome de Jesus.

Texto: Lucas Guimarães Vicente.

*Tradução: Almeida Revista e Atualizada.

A Vida Diária nos Tempos de Jesus

Jesus viveu a maior parte de sua vida em Nazaré, já que tinha voltado do Egito por volta de 6 a 9 anos. Já que não sabemos ao certo qual foi a data da Morte de Herodes o Grande, se foi no ano 1 d.C. ou no ano 4 d.C. Sendo assim Jesus viveu cerca de 24 a 21 anos na cidade de Nazaré na Galileia. A região da galileia segundo o Arqueólogo Horsely havia em torno de mais ou menos 200 aldeias de em média 300 habitantes, diferindo dos escritos de Josefo que demonstrava que havia 238 cidades. Nesta região haviam duas grandes cidade Tiberíades e Séforis, a primeira construída por Antipas e a segunda reconstruída com toda glória que uma cidade romana poderia ter. E mais três ou quatro pequenas cidades, como Cafarnaum.

Leia mais aqui

Estudo das Mulheres da Bíblia

Vamos comparar em um relacionamento marido e mulher. Quanto mais o casal se conhece, mais vai tendo intimidade, sabe como agradar ao parceiro. E na vida com Deus como funciona? Digamos que da mesma forma. Quanto mais nos esforçamos para conhecê-lo mais intimidade com Deus teremos e saberemos qual a sua vontade, o que lhe agrada e o que lhe entristece.

Porém precisamos nos esforçar para conhecer a Deus para avançarmos em nosso relacionamento com ele. Muitas vezes reclamos que não ouvimos a sua voz mas nem sequer paramos para conversar com Deus, ou ás vezes só falamos e falamos e não paramos para ouvir o que ele tem a dizer.

Leia mais aqui

 
 

sombra1

Copyright © 2011-2015 - Mensagem Diária logosg