Back to Top

Novo Logo Mensagem Diaria

O Mundo Precisa de Amor

"Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará," (Mateus 24.12 - NVI*)

Quem vai anunciar e manifestar o AMOR? E nós que conhecemos e sabemos como revelar este amor, vamos concordar e se omitir quando é preciso ter atitudes de amor com o nosso próximo?

"O amor deve ser sincero. Odeiem o que é mau; apeguem-se ao que é bom". (Romanos 12.9 - NVI*)

Seja verdadeiro com as pessoas, com cuidado e sempre se colocando no lugar dela. Se for possível sempre defenda o fraco e oprimido de uma situação de injustiça, não se cale diante de uma situação de maldade.

"...pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos". (1 Timóteo 6.10 - NVI*)

Tenha muito cuidado o dinheiro pode te corromper e fechar o seu coração para o sofrimento dos necessitados. Você pode ter atitudes para que o dinheiro não seja o seu Deus. Como dar o dízimo e oferta na igreja, ser voluntário, contribuir para uma ONG, doar as roupas e sapatos que não usa e muitas outras coisas.

"Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor". (João 15.9 - NVI*)

Você permanece no amor de Jesus, conhecendo o que Ele fez, leia a sua história, os Evangelhos na Bíblia de Mateus, Marcos, Lucas e João relatam desde o nascimento de Jesus até a sua morte. Após você saber quem Ele é e o que Ele fez é só começar a por em prática em sua vida.

Inspire-se com este vídeo, VOCÊ PODE MUDAR O MUNDO COM O AMOR DE DEUS OU PELO MENOS UMA ALMA, MAS FAÇA A DIFERENÇA

Pai eu sei que eu preciso do seu amor para revelar ao mundo que existe uma saída, uma oportunidade, um novo começo, me ajude e me encha deste amor. Em Nome de Jesus, Amém!

Texto: Vivian C.Thomazinho Vicente

*Tradução: Nova Versão Internacional

Não Passamos Ao Largo

“Diante do que Jesus lhe responde assim: “Certo homem descia de Jerusalém para Jericó, quando veio a cair nas mãos de alguns assaltantes, os quais, depois de lhe roubarem tudo e o espancarem, fugiram, abandonando-o quase morto. Coincidentemente, descia um sacerdote pela mesma estrada. Assim que viu o homem, passou pelo outro lado. Do mesmo modo agiu um levita; quando chegou ao lugar, observando aquele homem, passou de largo. Mas um samaritano, estando de viagem, chegou onde se encontrava o homem e, assim que o viu, teve misericórdia dele. Então, aproximou-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo. Em seguida, colocou-o sobre seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele. No dia seguinte, deu dois denários ao hospedeiro e lhe recomendou: ‘Cuida deste homem, e, se alguma despesa tiverdes a mais, eu reembolsarei a ti quando voltar’. Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes? Declarou-lhe o advogado da Lei: “O que teve misericórdia para com ele!” Ao que Jesus lhe exortou: “Vai e procede tu de maneira semelhante”(Lucas 10.30-37 - KJA*).

O Giro da vida se tornou tão rápido, que perdemos de vista nossos passos, pois tudo torna-se descartável, incompleto e insuficiente para refletir nosso reflexo.

Nesta sina, andamos como desacordados em nossos mundinhos, que aprendemos a penetrar, um mundo tão escuso que não reconhecemos mais nada que gire em nosso interior, em nossa agenda, em nosso interesses.

Assim não paramos para ouvir, sentir, compadecer e ver o outro, ele sumiu em meio a nossa vocação de consumir a nós mesmo; sumiu em meio aos nossos interesses, nossa individualidade, nosso segmento ou gueto religioso.

Este possível era o contexto daqueles homens que passaram ao largo sem ajudar o necessitado saqueado, passaram não porque eram maus, mas sua visão de mundo estava tão concentrada para eles, para seus afazeres, para seus sacrifícios religiosos que não podiam mais ver o que realmente era importante.

Desta forma, encontramos a inversão de valores em nossa vida, pois colocamos objetos, ritos religiosos, obrigações de trabalho, acima das pessoas. Esquecendo que essencial para a fé cristã, que é o próximo, a misericórdia com o outro. Qual deveria ser o ponto fundamental de nossa vida.

Portanto, para não continuarmos a andar de largo em nossa vida, e não vermos as pessoas em nossa volta definhando e se perdendo, devemos reorientar nossa perspectiva de vida e de fé. O qual antes de tudo deve começar no outro, que é nossa família, amigos, colegas de trabalho, comunidade em que vivemos, sociedade civil. E depois os nossos interesses.

E/ste é o caminho que o Senhor nos chama a caminhar, cabe então percorremos, e não ficarmos anunciando de fora, sem antes percorrer o caminho, para assim transportamos o Reino dos céus as pessoas, o Reino de fazer o bem, de amar, perdoar, ajudar e socorrer, alcançar o necessitado.

Ore: Senhor abre os meus olhos e quebra o meu orgulho, egoísmo e individualismo. Em Nome de Jesus, Amém!

Texto: Lucas Vicente

* Tradução: King James Atualizada.

  

Santos Inconformados

"Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12.1-2 - ACF*)

PMs envolvidos na morte de jovem no RJ são afastados 

Estradas continuam bloqueadas mesmo após determinação da Justiça 

Moradores de SP se recuperam do dia mais chuvoso do ano

Câmera instala nova CPI para apurar a corrupção na Petrobras

Estado Islâmico sequestra mais de 200 cristãos na Síria 

PF apreende 1,4 mil quilos de cocaína no MS

Desemprego fica em 5,3% em janeiro

Se você como eu não se envolve muito com as notícias dos jornais, acima você lê a realidade das notícias retiradas de ontem (Fonte: Jornal Hoje da G1 Globo.com). Talvez você não se espante, não sinta revolta, nem se quer se importe com o que está acontecendo.

Mas se você se intitula como cristão, algo dentro de você tem que mexer, uma frase deve sair de sua boca, como:

- Isso não pode continuar assim, não me conformo com esta situação, preciso fazer alguma coisa para mudar esta realidade!

Se esquivar e omitir-se é o que o nosso corpo conformado com este mundo cheio de maldades e desigualdades irá querer fazer. Entretanto se bem ouvimos, recebmos e praticamos a palavra que nos foi anunciada, o nosso corpo precisa ser apresentado como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus!

O que isso quer dizer é que nós como cristãos devemos sim nos apresentar para a sociedade e oferecer a realidade da cruz de Cristo. 

Se engaje em algum projeto, faça alguma coisa para mudar a realidade de sua comunidade, vizinho, parente, amigo. Seja um voluntário para estender o Reino de Deus e glorificar ao Pai que está nos céus! Mexa-se, mova-se, seja um SANTO INCORFORMADO E ATIVO EM FÉ E OBRAS!

No vídeo você irá conhecer milhares de pessoas que tem feito a diferença, o Movimento se chama NOVO JEITO. 

Vamos orar: Senhor me desperte para ser um cristão de verdade, não apenas de palavras, mas quero ter atitudes que mostrem o Teu Reino e mudar a vida de muitos. Me ajude, eu me disponho em Nome de Jesus, Amém!

Texto: Vivian C.Thomazinho Vicente

Tradução: Almeida Corrigida e Revisada Fiel

 

 

A Vida Diária nos Tempos de Jesus

Jesus viveu a maior parte de sua vida em Nazaré, já que tinha voltado do Egito por volta de 6 a 9 anos. Já que não sabemos ao certo qual foi a data da Morte de Herodes o Grande, se foi no ano 1 d.C. ou no ano 4 d.C. Sendo assim Jesus viveu cerca de 24 a 21 anos na cidade de Nazaré na Galileia. A região da galileia segundo o Arqueólogo Horsely havia em torno de mais ou menos 200 aldeias de em média 300 habitantes, diferindo dos escritos de Josefo que demonstrava que havia 238 cidades. Nesta região haviam duas grandes cidade Tiberíades e Séforis, a primeira construída por Antipas e a segunda reconstruída com toda glória que uma cidade romana poderia ter. E mais três ou quatro pequenas cidades, como Cafarnaum.

Leia mais aqui

Estudo das Mulheres da Bíblia

Vamos comparar em um relacionamento marido e mulher. Quanto mais o casal se conhece, mais vai tendo intimidade, sabe como agradar ao parceiro. E na vida com Deus como funciona? Digamos que da mesma forma. Quanto mais nos esforçamos para conhecê-lo mais intimidade com Deus teremos e saberemos qual a sua vontade, o que lhe agrada e o que lhe entristece.

Porém precisamos nos esforçar para conhecer a Deus para avançarmos em nosso relacionamento com ele. Muitas vezes reclamos que não ouvimos a sua voz mas nem sequer paramos para conversar com Deus, ou ás vezes só falamos e falamos e não paramos para ouvir o que ele tem a dizer.

Leia mais aqui

 
 

sombra1

Copyright © 2011-2015 - Mensagem Diária logosg